Os filmes “Crepúsculo”, “Deixe Ela Entrar”, seriados como “True Blood” (HBO) e “The Vampire Diaries” (Warner) mostram um pouco do frenesi vampiresco que anda nas telinhas e que atrai um público variado. Como começou essa história de vampiros? Qual a história do vampiro? Qual a origem do vampiro?

Quem gosta de vampiros não pode se interessar apenas pelo que está na moda, é preciso ir um pouco mais fundo que isso e se inteirar de onde saiu essa figura – vampiro. Várias são as teorias que tentam explicar a origem do mito e lendas sobre vampiros.

A origem da história do vampiro está vinculada às aldeias da Europa Central, onde pessoas que viviam nesses vilarejos buscavam explicações para diversas doenças que os afetavam. Eles acreditavam que os vampiros eras seres que morriam e retornavam à Terra para levar pessoas próximas. Os entes queridos voltavam dos túmulos e atacavam cônjuges, familiares imediatos e conhecidos da aldeia. A morte é um dos aspectos misteriosos da vida e em todas as culturas procura-se uma explicação. Os sintomas de ataques de vampiros incluíam pesadelos, aparições de mortos e a morte dos membros da família com alguma doença (como a tuberculose). O vampiro aqui é um “produto do processo de luto” conforme cita o Answers.com e simbolizava questões emocionais não resolvidas entre familiares.

Vampiro

O primeiro conto sobre vampiros que se sabe foi escrito na Inglaterra, no século XIX, pelo inglês John Polidori. A figura do vampiro aqui passa a ser associada a um nobre, o poeta Lord Byron, conhecido e que frequentava as festas em Londres. Pode-se perceber aqui que o vampiro transita na alta sociedade, está vinculado ao nobre e, ao mesmo tempo, ao misterioso. Essa visão do vampiro nobre é a que permanece até hoje (diferente da visão do vampiro da aldeia).

Em 1897, o escritor irlandês Bram Stoker publica o romance “Drácula” que reproduz o cerne da visão do vampiro que temos. O vampiro aqui é um nobre vindo de um país distante que persegue vítimas para sugar seu sangue, que guarda um ar de mistério e sedutor.

No século XX o cinema atualiza a figura do vampiro pela imagem e ele se mantém no auge até meados dos anos 50. Depois desaparece um pouco. Já nos anos 70, surge o romance de Anne Rice, que foi escrito em 1976, “Entrevista com o Vampiro” que aborda o universo dos vampiros: uma é Louis, o vampiro que dá a entrevista e se recusa a perder suas características humanas. O outro é Lestat que representa a transgressão amoral e hedonista condizente co o comportamento do jovem do período. O livro tornou-se um sucesso e virou filme em 1994, em que Tom Cruise e Brad Pitt contracenam juntos. Os vampiros mais bonitos de todos os tempos.

A partir do livro “Crepúsculo” escrito por Stephenie Meyer nos anos 2000, o vampiro ganha ar romântico, sutil e delicado.

Não importa o período, mas o certo é que o ser humano ao longo da história está sempre procurando criar mitos e lendas como resposta para seus medos que se traduz na criação do próprio vampiro. O que o homem não explica, cria mitos e lendas. Quer um exemplo? Os problemas de parto eram explicados pela figura do vampiro. Na Malásia, havia uma bela mulher que tinha dado à luz a uma criança morta. Ao saber disso, ela bateu palmas e voaram para as árvores. Em seguida, ela atacou as crianças e sugou seu sangue. Um conto semelhante existia na Grécia. Problemas de morte também eram cercados por histórias de vampiros, como citado acima sobre as aldeias européias.

Outro aspecto importante sobre o vampiro é que também foi uma forma de controle social entre diversas comunidades para “servir como exemplo” por meio daqueles que deixavam o limite dessas comunidades, infringiam regras e/ou saiam do padrão religioso dessa comunidade. Pode-se explicar que é como se o pai falasse para o filho: “- Está vendo? Fez isso e o bicho papão pegou”. Nesse caso, o vampiro era o símbolo que os líderes de determinadas comunidades usavam para controlá-la. Vale citar a Igreja Católica que em séculos passados também acusavam pessoas de heresia e mandavam para a fogueira quando esses saiam do seu controle. Essas pessoas eram consideradas vampiros, bruxas, dentre outros.

Por meio de leituras sobre o vampiro, acrescento um aspecto particular que observo em qualquer mito ou lenda de vampiro – a vitimização do ser humano perante o vampiro. O ser humano, em geral, procura também criar “personagens” que justifiquem seus problemas, sua incapacidade e seu fracasso. Assim, chega o vampiro devastador e que destrói e por meio desse jogo, o elemento humano é colocado acima de qualquer espécie. Na atualidade, com os novos filmes e séries que estão em voga há uma aproximação do vampiro com o ser humano. O ser humano é colocado como o ideal para qualquer ser, ainda que esse ser seja um vampiro. Por outro lado, há a preservação das características do vampiro na figura do humano e esses aspectos (humano/vampiro) se confundem.

Quer saber mais? Acesse: Filmes clássicos de vampiros.

Gosta de filmes e livros sobre vampiros? Deixe nos comentários abaixo algum nome de livro ou filme que adorou  sobre essa temática!


Fonte:

* Livro:

Argel, Martha; Moura Neto, Humberto (ORG). O Vampiro antes de Drácula. São Paulo: Aleph, 2008.

* Sites:

* Answers.com

* New Scientist

* Agent of Chaos

73 comentários para “História e origem do vampiro”

  1. vitória

    eu adorei estou cansada de textos sobre os vampiros da atualidade q nem parecem vampiros. Eu amo o filme entrevista com vampiros e acho realmente q eles existem, e podem estar mais perto do q se imagina

  2. laurinha

    adorei isso sim que é um escritor esta de parabens

  3. Fran

    Eu adorei esse comentario e gostaria de que eu gosto muito da saga crepusculo e tambem adoro assistir a serie ”Diario de um Vampiro”.Eu adoro muito as historias de vampiro e sempre to tentando descobir mais e mais!!!Bjos ADOREI

  4. Roseane

    Sou facinada por histórias de vampiros,gostaria de algumas dicas de livros e filmes que não sejam crepúsculo e Diarios de um vampiro para colocar no meu blog,não que eu não goste de Crepusculo e Diarios de um vampiro mais e que eu ja postei sobre eles no meu blog.Então e isso quem tiver alguma dica diz ai por favor.

  5. Adriana

    Parabens seu site esta otimo uma historia real muito interressante so valto a cidade dos vampiros NEW OF LINS! PARABENS NOVAMENTE

  6. Mendy

    Vampiros não são seress mitologicos . Eles existem
    E eu sei muito bem disso !

  7. KISSILA

    Eu adoro filme de vampiro. principalmente crepúsculo melhor toda a saga crepúsculo!!!!!!

  8. giedre

    GOSTARIA DE TER PROVAS QUE VAMPIROS REALMENTES EXISTE, ALGUEM TEM ALGUMA PROVA QUE ELES EXISTE ?? PQ CASO CONTRARIO PRA MIM ISSO NÃO PASSA DE CONTOS. GOSTO MUITO DOS FILMES DE VAMPIROS, MAIS GOSTARIA DE TER PROVAS …..

  9. stefany

    EU amo filmes de vampiro ainda mais crepusculo e a materia e otima parabens

  10. joicy

    EU AMOOOOOOOOOO DE PAIXÃO VAMPIROS O LIVRO Q MAS GOSTO É THE VAMPIRE DIARIES EU SOU LOUCAAA PELO LIVRO E POR ESSA SERIE TO TO FASCINADA VICIADA NESSA SERIE . EU AMOOOOOO MUITOOOOO O IAN SOMERHALDER AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO SOU FANATICA POR DIARIS DE UM VAMPIRO

  11. Yasmin Bispo

    Bom, eu sempre gostei de vampiro e o primeiro filme de vampiro q eu vi foi crepúsculo e até hj vejo todas as partes da saga.
    Eu já vi outros filmes de vampiros naum necessários citar e são histórias diferentes.Não sei qual diz a verdade mais ao em véz de ter medo e se assustar ao ver esses tipos de filmes eu realmente mi divirto,eu adoro esse tipo de filme.
    Por realmente gostar eu resolvi pesquisar sobre esse assunto e por esse motivo estoou escrevendo esse depo.
    eu gostei das informações q recebi deste site mais continuarei a procurar histórias de vampiros pra saber um pouco mais desse assunto q eu adoroo..

  12. aguinaldo 3d

    muinto interesante legal e pratico de aprender eu adoreiiii! muito.

  13. cassia

    amei demais achei muito entereçante…

  14. incredulo

    ótima invenção, mas para mim é balela. marketing para vender produtos.. pura ilusão.

  15. thays

    Eu adoro vampiros sou uma grande fa tenho varios filmes de Vampiros.

  16. thays

    amooooooooo vampiros sempre q leio algo sobre eles me da + vontade de saber pra mim nunca ta bom sempre kero +

  17. amanda

    eu gostei muito desse texto como falaram vampiro é um assunto que devia ser mais aprofundado como ele disse no texto muitas pessoas nao acreditam nisso eu acredito e como a vithoria falou

  18. stephenie

    adorei saber sob vampiros pois é o q eu mais gosto, amo tudo sobre vampiros tenho meu meios de gostar de vampiros mais não é por causa de CREPÚSCULO não mais pq amo msm, quem não gosta de vampiros não sabe oq esta perdendo. bjos

  19. RAFAELLY

    Adorei eu amor os vampiros eles sao minha vida e quero sempre quis se vampira de verdade eu leio historia dele tomo sangue e muito bom e sempre vou aqredita que vampiros existi

  20. larissa

    adorei esses comentarios adoro vampiros eu ando procurando tudo sobre vampiros. meu nome e larissa. beijos

  21. RENAN

    Adoro Vampiros desde que me entendo por gente sempre querendo saber mais, Minha serie preferida é “The Vampire Diaries” mas tambem adoro a saga Crepusculo

  22. mayara

    amo demais os vampiros queria saber se ja existiram acho que as pessoas deviam curtir tambem na verdade sou fa deles quando passa filme ou serie de vampiro nao perco nemhuma vez teve uma serie que foi o diario de um vampiro quem nao assistiu se arrepemdeu foi lindo outra coisas o crepsculo adoro o ator que faz o vampiro e robert peteson ja vi dois filmes deles e nao vou perde o final e isso ai pessoal continuem gostando de vampiros e mt legal.

  23. Elena Pierce

    Adoro series e filmes que envolvam duas coisas, vampiros e lobisomens, por isso mesmo e que vou fazer um trabalho sobre isso.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)