A WGSN é autoridade global quando o assunto é estilo, design e tendências.

Todo ano, essa empresa mostra as principais tendências inspiradoras. Geralmente, essas tendências foram investigadas por meio de pesquisas sócioculturais.

A WGSN lançou um vídeo belíssimo as macro tendências para a moda outono inverno de 2013-2014. Como essas influências se traduzem nos materiais, detalhes, formas e cores? Esse vídeo traz, de certa maneira, essas representações. O site Mulher Digital quer mostrar esse vídeo e fazer uma brevíssima reflexão sobre moda.

É muito bom ver algo em que as tendências são mostradas de maneira inteligente. As fontes são: a ciência, a natureza, o artesanato e a composição dos elementos de design contraditórios.

Quando alguém fala sobre tendências, fatalmente, pode-se pensar de que forma as pessoas as usam. Sem nenhum tom moralista, pode-se questionar: a moda escraviza ou liberta? Como você sente a moda? O que você pensa sobre as tendências.

A moda é sentir, é percepção, é sensibilidade, é expressão de si mesmo. Estamos em um novo mundo, em uma nova maneira de ver a moda, de se expressar. Ninguém precisa usar absolutamente tudo e, muito menos, seguir à risca os ditames da moda. Não é à toa que a diversidade tem ganhado espaço. Um exemplo: a moda plus size que ganha espaço no mercado.

Certamente, há forças culturais que, de certa forma, moldam o pensamento e os projetos de moda. Porém, nada é absolutamente previsível e estático. Curta as tendências, as cores, mas selecione apenas aquilo que se sente à vontade. Não se sinta encurralado, em um labirinto sem saída.

O bacana da moda é cada pessoa se reinventar, recriar e se expressar cotidianamente. Cada um pode construir suas próprias referências de estilo por meio das macro tendências, sem ser algo mecânico e sufocante.

A moda pode ser liberdade ou prisão. Só depende de cada um. Ninguém precisa reproduzir tudo aquilo que vê em blogs de moda, revistas e na televisão. O mundo é diverso e permite hibridismo, flexibilidade, criação, expressão. Use as tendências macro para reforçar a sua identidade e o seu senso de estilo!

Para você, a moda é liberdade ou prisão? Traga o seu comentário. O site MULHER DIGITAL adora saber a vivência de cada um.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)