A divulgação de várias marcas de protetores solares reprovadas na pesquisa da Pro Teste está provocando uma reviravolta na rede! Bafo. Muitas pessoas ficaram extremamente surpresas e decepcionadas, inclusive eu, que uso protetor solar todos os dias! As empresas também estão de cabelo em pé! [Se você não sabe nada sobre isso, acesse: Protetores solares reprovados em teste].

Gostaria de lembrar a todos os leitores uma coisa importante: antes dos produtos irem para o mercado, eles passam por uma liberação pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Assim sendo, é preciso refletir que talvez exista uma falha na regulamentação dos cosméticos e devido a isso problemas como esse podem acontecer. Talvez não seja problemas somente com as empresas.  Se isso procede, a responsabilidade não é só das marcas. É sempre bom pensar nos dois lados da moeda. Outro detalhe é o seguinte: quem financia as pesquisas da Pro Teste? E até que ponto o teste dos protetores solares é confiável? É preciso pensar nos dois lados. Leitores, não estou sendo contraditória. Estou realmente fazendo uma provocação!

A Natura divulgou uma nota sobre o episódio procurando se explicar. [Nota sobre proteção solar – Fotoequilíbrio]. Todos possuem direito de defesa. Pelo menos essa marca se interessou em dar alguma explicação. [Natura] Várias marcas não se explicaram e não comentaram nada a respeito.

Estou divulgando essa nota aqui no Site Mulher Digital porque acredito que o leitor  deve ter acesso a pesquisa sobre o teste dos protetores solares e também às explicações das empresas interessadas em falar sobre o problema. No fim das contas quem decide o que vai usar são os consumidores.

O que as empresas precisam compreender é que os consumidores na atualidade não são massas manipuláveis, em que qualquer empresa pode fazer o que quer deles. Não! Não é assm que funciona! Não mais! Tempos  contemporâneos… O consumidor na atualidade é crítico e tem muito acesso à informação, especialmente na rede. Queremos, como consumidores, qualidade e ter certeza de que aquilo que as marcas de cosméticos prometem realmente funciona.  Ou seja, queremos que cada empresa cumpra com o seu papel na sociedade e no mercado.

Como eu já disse… No fim das contas quem decide é o consumidor! Sempre.

4 comentários para “Nota da Natura sobre o Teste de Protetores Solares”

  1. maria da gloria souza sobrinho

    Estou chocada! Uso sempre protetor solar. Quando eu vi a marca que uso na lista dos reprovada me senti traída. Poxa compramos um produto com tanta seguranca que vai nos proteger e deparamos numa situação. E depois o protetor que uso não é tao barato. Estou muito chocada com tudo isso pq as duas marcas que uso estão reprovadas. Fala sério! Esses fabricante deveriam penssar mais nos consumidores.

  2. Dal Bosco

    Se quiserem um amostra da idoniedade das empresas de cosméticos no Brasil,deem uma olhada nas indicacões dos shampoos e digam-me se não é para rir [ de raiva, é claro!] diante da “magia dos produtos”. Aqui vão algumas: xampu para cabelos indisciplinados, xampu para cabelos com oleosidade matinal, xampu para todos os tipos de cabelos. Qual deles você usa?

  3. Jéssica

    Parabéns pessoal da MULHER DIGITAL pelas informações, vocês estão certos ao mostrar os dois lados da moeda. As empresas tem sim o direito de se explicarem… Valeuuu mesmoo!

  4. Augem

    Isso é chato.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)