Sabe aquele tipo de pessoa chata, arrogante e que acha que o mundo gira ao seu redor? Então… Esse vídeo mostra um típico caso de gente assim – que acha que porque está com um “microfonezinho” na mão é dono da verdade e do mundo. A repórter está fazendo uma transmissão ao vivo sobre moda e começa a ser impetulante com  a mocinha que está contribuindo para a sua reportagem. A jornalista dá muitas “tiradas” na mulher. Só que a mocinha participante não deixa por menos e responde à altura. Embora pareça um vídeo comum, pode-se tirar algumas mensagens importantes desse vídeo. (para a jornalista!)

Primeiro, é preciso ser gentil com as pessoas, especialmente se é algo vinculado ao trabalho. Nunca devemos desrespeitar ninguém. Segundo, ninguém sabe tudo sobre algo, sempre é possível aprender com o outro, mesmo que esse “outro” não seja um especialista. Então, não adianta ficar usando palavras de efeito dizendo que Valentino e SPFW ditam moda, tendências. Blá! Blá! Blá! Todo mundo sabe disso!  Terceiro, na contemporaneidade, ainda que existam referências mundiais de moda, a rua e as pessoas comuns também ditam moda (ler Gilles Lipovetsky).  Há empresas mundiais responsáveis por captar nas ruas a moda, que são, muitas vezes, transferidas para a passarela. Logo, o processo inverso também ocorre.

Quer ver esse “bafão”? Assista o vídeo:

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)