O relacionamento com a sogra pode ser algo bastante complexo. Todos os dias, recebo muitas mensagens de pessoas que não possuem uma relação saudável com a sogra. Tensas, negativas, angustiantes e sofridas, assim que muitos descrevem seu relacionamento com a sogra.

Causas de atrito com a sogra

O que causa tanto atrito? Ás vezes, é preciso sair de alguns clichês e olhar para algumas questões básicas da relação. Dificuldades com respeito, limite e necessidade de (re)afirmação na relação por parte de um dos lados. Sem falar que, em inúmeros casos, as pessoas não sabem reconhecer os seus papéis sociais nessa relação. É claro que, cada caso é um caso.

Sogras ciumentas, extremamente críticas com a vida do casal, intrometidas, manipuladoras e que não sabem ouvir a palavra não. Como transformar tudo isso em uma relação rica e saudável? Pode ser possível?

Dificilmente, a sogra vai mudar a sua maneira de pensar, mas, com algumas ações, comportamentos e limites podem ter uma relação melhor com o genro/nora.

Genros, noras, e sogras em uma relação

Genros e noras são culturalmente colocados em uma posição de submissão ao longo da história na relação família. Quem nunca ouviu o velho ditado que diz mais ou menos: “casa com o cônjuge, casa-se também com a sogra, com a família”, significando que quando alguém se casa com uma pessoa, cria, automaticamente uma aliança com a família e, como tal, está sujeito às regras dessa. Será que uma relação vale tudo isso? Lógico, que não. As pessoas precisam aprender a se respeitar de ambos os lados.

O que vale dizer é que se qualquer pessoa possui algum problema ou incômodo com a sogra/sogro, esse não some com o casamento.

Problemas de relacionamento com sogra no casamento

O diálogo com a sogra é essencial para a construção de uma boa relação no casamento. Essa cordialidade faz parte de uma boa relação para o casal. (Foto: Wikimedia Commons)

Como lidar com uma sogra?

Primeiramente, é preciso compreender que muitas sogras (mães, de forma geral) costumam projetar os seus desejos, insatisfações e sonhos não realizados de sua própria vida para seus filhos. Sem falar que, muitas, consideram a sua maneira de fazer as “coisas” melhor e/ou seus valores como referenciais. Esse tipo de invasão não aparece com o casamento do filho(a). De alguma maneira, já estava presente muito antes disso na relação com os filhos.

Portanto, o papel dos filhos é demarcar o quanto essa mãe invade a vida do casal. Isto é, os filhos precisam estabelecer os limites  e corrigir os problemas das intromissões, deixando claro que é necessário respeitar o casal. Repito: não cabe ao cônjuge, somente ao filho(a)! Isso inclui verbalizar o que está errado. Dizer não quando necessário. Quer um exemplo? Nem sempre o casal está disponível para recebê-la. Ás vezes, é necessário dizer não. Todo mundo possui os seus compromissos.

Diálogo com a sogra é essencial

Por isso, o diálogo entre o casal é fundamental para que ambos negociem aquilo que pode ser feito. O que percebo em diversos relatos é que o grande problema é que o filho(a) não apoia o parceiro(a). Ou, até mesmo, não conseguem perceber o quanto a mãe está invadindo a vida do casal. O valor da comunicação entre o casal é enorme aqui!

Privacidade do casal e a influencia da sogra

Outro ponto importante é que a privacidade do casal deve ser sempre respeitada em todas as circunstâncias. Os problemas e insatisfações devem ser resolvidos somente entre o casal. Isso é maduro e sadio! Os filhos(as) não devem ficar se abrindo com a mãe para criticar o cônjuge.

O casal também implica com a sogra

Por outro lado, nem tudo é problema com a sogra. Ás vezes, o cônjuge possui uma certa implicância com a sogra, fala mal dela e atribui como intromissão qualquer conselho. A mãe é a mulher mais importante da vida do seu parceiro (ou parceira). Seja qual for sua opinião sobre a sua sogra, respeite-a.

Além disso, muitas coisas que ela faz são tentativas de participar de alguma maneira da vida do filho(a). Não dá para competir com ela. São relações diferentes e não estão no mesmo plano.

O MD trouxe outro post sobr essa temática: Dicas rápidas para melhor convivência com sogra, que possui outros pontos extras.

O amor é suficiente para todos! Os limites saudáveis podem ser capazes de contruir uma relação rica e bonita. O respeito é vital em qualquer relação.

O que você pensa sobre esse assunto? Já passou por algum problema? Deixe o seu ponto de vista! Comente sem preconceitos!

36 comentários para “Problemas com sogra: limite, diálogo entre o casal e respeito para um relacionamento saudável”

  1. Luciana

    È mais tem coisas que as sogras fazem que é imperdoável, como arranjar namorada pra o filho sempre fazer fofocas que não tem nada a ver difamação, eu mesma aff nem quero a tal perto de mim e olhe que já engoli um monte de coisas.

    Responder
    • Vitória

      Concordo Luciana. Tipo minha sogra que conseguiu destruir meu casamento de 1 ano e 5 meses. Ainda estou arrasada e angustiada

      Responder
  2. Dirce

    Ótima matéria! Vivi 27 anos de casada passando poucas e boas com minha sogra. Só aprendi isso tudo com a vida. Hj procuro respeitá-la, mas com certa distancia na convivência. Meu marido deixou bem claro os limites para ela o que facilita muito nosso relacionamento conjugal e familiar. Realmente não muda, mas no meu caso assim vai melhor.

    Responder
  3. Deusiane

    Mesmo estando distante da minha sogra ela insiste em me enviar email me chamando de vadia.

    Eu adiquiri uma doença chamada urticaria nervosa.

    EU TENHO ALERGIA A VELHA! E verdade gente, e serio.Eu tive que morar em outro estado devido o incomodo de ter que encontra-la.

    Responder
  4. Cibele Natália

    Nossa adorei o post!
    É sempre bom aprender um pouquinho mais sobre essa relação que muitas vezes é tão complexa.
    Entender que respeito é a base de tudo, principalmente quando se trata da pessoa mais importante na vida de quem amamos, a pessoa que lhe deu a vida…
    As vezes é bem complicado manter o jogo de cintura nesta convivência, mas um pouquinho de paciência e cumplicidade pra viver em harmonia do lado do nosso amor sempre valerá mais apena!
    Beijinhos

    Ci

    Responder
  5. Ursula

    Eu e meu esposo estamos pensando em nos mudar, inclusive para outro Estado, tal é o incômodo que minha sogra é para nós. Ela é dominadora, manipuladora e ignorante. Afe! Dai-me paciência!

    Responder
  6. Grazy

    Grazy:
    A minha sogra no inicio ñ comentava nada sobre nós, depois a mesma queria virar a nossa vida um inferno, graças a Deus que meu marido é muito esclarecido em relação as fofocas criadas por ela, onde todos os dias eu oro muito para que Deus tire essa magoa do meu coração.porem eu a odeio nunca vou esquecer as palavras de ofensas daquela bruxa.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      GRAZY, querida,

      Você precisa resolver esse sentimento que você possui com relação a sua sogra. Por que, pelo que você descreveu, há um pouco de mágoa que está, ainda, dentro de você. Jogue essa mágoa fora por que essas coisas só fazem mal para nós mesmas. Esqueça, passa uma borracha por cima. Realmente, não é fácil, mas você consegue.

      Beijoconas.

      Responder
  7. Beatriz

    …”Não cabe ao cônjuge, somente ao filho(a)! Isso inclui verbalizar o que está errado.”
    No meu caso o meu namorado era neutro, nem comentava o assunto, as vezes dava um certo espaço pra minha sogra ou vingia que não via. Então eu tive que “tomar as redias” da situação com os dois, claro que fiz de maneira bem sutil porém, clara e objetiva. Tudo foi se resolvendo, hoje respeitamos o espaço uma da outra e sempre que ha deslizes volto a maneira sutil.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Beatriz, querida,

      Que legal o seu relato! Obrigada por deixar o seu comentário.

      Muito bom ouvir que você conseguiu contornar a situação e torná-la favorável para vocês!

      Beijoconas.

      Responder
  8. Albert

    O problema é que a minha esposa ignorou totalmente a minha família. Hoje temos 3 filhos e é impossivel eu levá-los a minha mãe. Ela somente quer relacionamento como os pais dela. Isso me deixa muito chateado, pois eu me vejo fraco sem saber o que fazer.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Albert,

      Você precisa aprender expressar para a sua esposa o que você sente, o que é importante para você. Por que ela não gosta da sua mãe? Você já a perguntou? Talvez, seria bacana você ouvir o que ela tem a dizer para entender de onde vem isso? Por que ela age assim com sua mãe? Talvez tenha acontecido algo que você não saiba.

      O mesmo direito que ela tem de levar os filhos para visitar os avós maternos, você também possui! Os filhos precisam conviver com os avós das duas famílias. Mesmo que ela não queira ir até a casa de sua mãe, você pode ir e levar os seus filhos. Ela não precisa ir para que seus filhos visitem a avó.

      O melhor nessas situações é dialogar.

      Espero tê-lo ajudado.

      Beijoconas.

      Responder
  9. Melissa

    A verdade é que essas velhas deveriam ir cuidar dos seus maridos ao invés de ficar enchendo o saco da nora! O difícil é que na maioria das vezes a velha já é viuva

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Melissa,

      Desculpe, mas achei muito grosseira a forma que você se referiu a sua sogra. Mesmo quando não gostamos de alguém, devemos respeitar. Lembre-se também que um dia você vai ficar velha e que no decorrer de sua trajetória muitas coisas podem acontecer. Ninguém tem culpa de ser viúvo e velha. Quando temos problemas com a sogra, temos que tentar resolvê-los. Só isso.

      Responder
      • Solange

        Casa coisas no seu momento! Eu tenho 46 anos e sofro um Inferno com a minha sogra! Acho que depois de ter tentado de tudo a melhor opção é se afastar definitivamente! Mas, infelizmente ela ainda pode usar o filho e os netos para nos atingir. São mulheres mal amada que colocam nos filhos a responsabilidade pela felicidade delas! Quando voltarmos para elas como pobres coitadas tudo muda.

    • Cassia

      Rsrsrssrsrs bem isso, os pobres dos maridos já morreram de desgosto!

      Responder
  10. Diego

    Minha esposa e minha mãe saíram no tapa e minha esposa está grávida de 8 meses o que eu faço, quem eu devo criticar.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Estimado Diego,

      Isso que ocorreu é uma situação muito delicada. É Difícil até uma pessoa de fora opinar. Agora, o que ficou evidente é que houve a ausência total de respeito. No entanto, sua esposa está grávida e esse tipo de situação pode colocar em risco a saúde dela e do bebê. Portanto, independente do motivo, todo mundo precisa ter um pouco mais de paciência com quem está grávida, inclusive sua mãe. Não dá para dizer quem é certo ou errado só sabendo que ambas sairam no tapa, como você diz. Eu acho que, talvez, seria bom vocês fazerem uma terapia familiar. Isso pode ajudar muito as relações e a compreender um ao outro.

      Diego, talvez, você próprio devesse recorrer a um terapeuta para entender tudo que se passa com você e ao seu redor.

      Beijos.

      Responder
  11. Sofia

    Eu antes de conhecer a minha sogra achava que quando tivesse uma, me ia dar muito bem com ela, que ía ganha outra mãe ( pois vejo a relação que a minha mãe tem com o marido da minha irmã) idealizei o que para mim era a sogra perfeita e saí- me mal e bastante magoada. Quando nos conhecemos falava-me minimamente bem, parecia- me uma pessoa simplesmente envergonhada como eu, mas com o tempo parece que quis ficar igual ao meu exterior, comprava tudo igual a mim, começou-se a arranjar ( eu sei que não há mal nisso mas notou-se que foi preciso aparecer eu para ela mudar tanto ) e o interior dela ficou muito pesado, arrogante, falsa, olha me de canto. Tentei ir passar fins de semana com ela porque pensei que o problema era meu e nada, continua muito fria comigo, o meu namorado diz que é impressão minha e que ela gosta de mim. Gostei muito da matéria que postou quem dera que isso resolvesse comigo.

    Responder
  12. Nikita

    Olá!
    Ótimo post, amei! Tentarei ter mais paciência, até tenho tido mas está se esgotando. Minha sogra fica querendo competir comigo, acha que vou roubar o filho dela, se ele passa um feriado comigo, ela fica querendo saber quem é mais importante ela ou eu. Céus! Eu não quero competição, perdi minha mãe cedo, valorizo eles ficarem juntos, até falo pra ele dar atenção pra mãe, eu realmente não entendo porque ela tem tanta insegurança comigo. Ela implica com tudo, se estamos nos falando, se ele vai dormir comigo, sobre a minha religião. Ela chegou ao ponto de dizer que quer que eu ame o filho dela como ela ama… Ei! Amor materno é totalmente diferente do amor de namorada… Enfim, até cogitei e estudei sobre ela sofre do complexo de Jocasta, mas talvez eu esteja exagerando. Bom, gostaria de algum conselho. Beijinhos

    Responder
  13. Cleusa

    No meu caso minha sogra está em tudo que fazemos. Só viaja conosco e quer tratar o filho dela como bebê. Sinto que ela tem ciúme de mim, mas meu marido a defende e diz que a errada sou eu. Estou ficando cansada, afinal são 26 anos de casados e para se ter uma ideia nesse tempo só conseguimos viajar sozinhos 3 vezes.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Cleusa,

      É uma situação delicada, mas pode ser resolvida. O diálogo é o melhor caminho para resolver os problemas do casal e externalizar os incômodos. Lembre-se que diálogo significa falar e ouvir (não só dizer o que quer, o que incomoda…). Ambos possuem suas considerações. Só assim é possível entender os problemas, negociar soluções e trabalhar juntos em prol de uma relação saudável. Você pode apresentar o seu desejo de viajar só com a família (que é seu desejo pessoal) e, juntos, chegarem em uma solução.

      Esperamos que essas dicas lhe ajudem!

      Equipe Mulher Digital.

      Responder
  14. Priscila

    Você tem que se impor, tomar a rédea da sua vida, entender que seu espaço é algo sagrado. Além do mais, VC tem que fazer ELA entender isso. Minha sogra era perfeita, até eu ter o meu filho. Depois disso ela surtou, perdeu a noção do papel dela e do meu, invadiu meu espaço. Tive problemas com amamentação, tive depressão pós parto, tudo por conta disso. Ela não saia mais de dentro da minha casa, meu relacionamento se tornou um verdadeiro pandemônio. Tentei conversar cm meu marido, falei até com ela, mas não teve jeito, ela realmente não tem bom senso nenhum. Até o dia que surtei e acabei tendo que tratar ela mal, pois já não sabia mais o que fazer para não ter ela todos os finais de semana na minha casa, querendo dar banho no meu filho, dar comida e dizer que pelo fato de eu não amamentar ele não precisava mais de mim. As visitas diminuiem por um tempo, mas basta tentar uma relação saudavel que ela confunde tudo de novo e começa o inferno. Vou fazer um concurso e se eu for aprovada irei embora. Quero ter outro filho, mas só o terei se estiver bem longe dela.

    Responder
  15. Rafael

    Minha sogra destruiu meu relacionamento mais por um lado foi bom porque eu vi que minha namorada não enfrentou ela quando foi necessário para me apoiar… Vida que segue.

    Responder
    • Renata

      Pois eh Rafael,
      Minha situação está bem parecida, mesmo que minha sogra esteja errada, ele prefere defender ela do que eu. O pior é que ele quer construir uma casa no terreno dela, e não quer abrir mão disso. Se no namoro já está assim, imagina depois! Aff Não sei se vai ter casório assim! Vou falar pra ele casar com ela e pra ela dar filhos a ele. Rs

      Responder
  16. Maria

    Minha sogra é um amor comigo, fala que é minha mãe e tal, mas morre de ciúmes do filho e faz questão de ficar falando que ela é mais importante do que eu e que o filho faz muito mais por ela que pra mim, temos sempre que ficar os 3 juntos se não ela emburra e ele sempre cede, não tem coragem de falar não, esta bem dificil…

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Maria,

      Não dê ouvidos a essas cenas de ciúmes da sua sogra. Por que lhe incomoda tanto o fato de ela falar que é mais importante para o filho? Deixe isso para lá. O mais importante é você dialogar com seu companheiro sobre o que lhe incomoda. Você não precisa brigar para dizer o que lhe incomoda. Diga que quer sair mais vezes sozinha com ele. Todo casal precisa ter o seu momento. O diálogo é a solução para a maioria dos problemas de relacionamento.

      Espero tê-la ajudado.

      Equipe Mulher Digital

      Responder
  17. Ariane

    Tenho problemas com a minha sogra, já tentei de todas as formas ter um relacionamento saudável com ela, no entanto nunca da certo. Nossa inimizade vem desde a época de namoro. Mas nos últimos tempo tem sido difícil, a ultima vez que ela veio na minha casa ela foi ao banheiro e jogou o papel que ela usou dentro do meu cesto de roupas, aquilo foi devastador para mim, pois sempre a trato bem, sempre que ela precisa eu ajudo e a unica coisa que ela faz e me provocar! Já estou cansada! E agora para ajudar ela vira morar na mesma cidade que eu moro. Não sei se vou aguentar, e ela e o tipo de pessoa que fica entocada dentro da casa de filho! Só Deus para me Dar forças, e para meu Marido acho k eu sou a errada! Sempre apoia ela! Não impõe limited!

    Responder
  18. Simon

    Olá!
    Nunca tive problemas com minha sogra e sogro. Sempre os respeitei assim como meus pais respeitam os respectivos sogros.
    No entanto, depois que nosso filho nasceu meus sogros querem vir em casa sempre, chegam muito tarde (21:30h) e vão embora muito tarde também (meia noite), inclusive logo após que tive o bebê. Muitas vezes chegam sem avisar ou telefonar. Sinto que estão invadindo meu espaço, não estão me respeitando, não consigo esconder que não estou gostando. Já conversei com meu marido, mas ele não consegue expor isso aos pais.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Simone,

      Você precisa conversar com seu marido para que ele verbalize para os pais que avise antes de ir à casa de vocês. Converse com seu marido, exponha o que lhe incomoda e cheguem em uma solução juntos. Vocês precisam aprender a falar não. Tem jeito sim de dizer que não é uma boa hora de receber visitas, sem ser mal educado. Vocês irão conseguir! Quando acontece esses problemas, precisamos dialogar. Não tem outra maneira. Espero que você consiga resolver essa situação.

      Equipe Mulher Digital

      Responder
  19. Leila

    Minha sogra é uma boa pessoa, até no momento em que ela se convida para dormir na minha casa e principalmente na minha CAMA comigo e meu marido no sofá! Aii eu mudo de cara mesmo, e o pior de tudo meu marido acha super normal e acredita que tenho que aceitar essa situação. Temos dois anos de casados, e já disse que da próxima vez não irei aceitar isso, se tiver a próxima vez.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Leila,

      Realmente, não é preciso sair do seu quarto para que ela durma. Acredito que a sua sogra poderia ficar bem acomodada no sofá. Ela só dorme na cama porque vocês permitem! É Preciso diálogo com o seu marido e mostrar que há situações que para você não são concebíveis. Não é preciso brigar. Não é porque se está em um casamento que é preciso aceitar tudo. Repare que a culpa não é dela! Por isso, você fazer “cara ruim” quando ela vai dormir na sua cama pode não ser compreendido por ela. Vocês precisam conversar a sós e podem falar com delicadeza com ela que ela irá dormir no sofá. Muito provavelmente, ela não irá se importar.

      Equipe Mulher Digital.

      Responder
  20. Bianca

    A minha só quis ir na lua de mel comigo e meu esposo, quando vinha me visitar, ficava 3 meses, fala mal de mim para os meu vizinhos, faz drama para tudo, se faz de vítima, coitada só para gabar tudo do filho e este ainda acredita nela. Já tentei reatar a amizade inúmeras vezes, mas vejo que ficamos bem, quando estamos longe uma da outra. É Uma historia de terror.
    Chega me dá medo.

    Responder
  21. Raimunda

    Acho que na vida temos que respeitar
    O espaço de cada um. Sogra ou nora, todas tem que pensar que a vida é passageira.E que não vale a pena ficar gastando energia com bobagens, Eu fiquei viúva, e durante meu casamento briguei m uitas vezes com meu marido por que não me relacionava bem com minha sogra.Ela batia de frente comigo, por que tinha ciumes do filho, e eu também não ficava atrás, também morria de ciúmes dele, hoje ele desencarnou.E ficamos as duas viuvas.So nas lembranças, e perdemos um tempo em que deveriamos ter ficado em paz e juntas, gozando da companhia da pessoa que nos ligava (filho-marido)

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Raimunda,

      Obrigada por seu comentário! Que relato lindo! Realmente, precisamos tentar ser mais tolerantes. Muito lindo o seu relato!

      Equipe Mulher Digital

      Responder
  22. Isadora :)

    P.S.: Gostaria muito de ter uma boa relação com a minha sogra, mas está complicado…
    ~Namorada Apaixonada <3 ~

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)