Quantas coisas as pessoas possuem no guarda-roupa e não usam mais?

Roupas que não servem, que o estilo não se adequa mais, compradas por impulso e nunca usadas, que cansaram…

Uma acumulação desnecessária que ocupa espaço, que não faz bem para a alma e que, muitas vezes, contradiz com o estilo de vestir efetivo da pessoa.

São algumas poucas peças com apego afetivo mesmo. O resto é apenas um conglomerado de vestimenta esquecida e amontoada. Peças paradas sem previsão e sem desejo de uso. Roupas que podem e deveriam ser doadas.

Já pensou que roupas e sapatos que não possuem mais utilidade podem se transformar em moda para alguém? Pode fazer parte do estilo de alguém? Pode ajudar!

Observe o seu monte de roupas inutilizadas! Todas essas roupas não precisam estar no seu guarda-roupa. Pergunte-se sobre quais roupas você se sente bem dessa pilha negligenciada. Provavelmente, chegará à conclusão que muitas roupas não representam mais quem você é. Ou, então, não ficam verdadeiramente bem em você.

Leia também: Dicas para doar roupas e sapatos com carinho

Dicas de moda - doar roupas para reforçar o seu estilo

Vestir é uma questão de identidade. Você é quem faz o seu próprio senso de estilo. Estar bem vestida é, antes de mais nada, usar o que gosta e o que combina com a personalidade de cada um. A melhor resposta sobre moda está dentro de você. Por isso, aquilo que não é mais usado não serve mais para você. Doar essas roupas contribui para reforçar o seu próprio estilo! Livre-se de tudo aquilo que não usa mais! E, ao mesmo tempo, poderá ajudar alguém que realmente precisa de algo para usar.

Doar roupas e sapatos também pode ser uma maneira de repensar sobre o próprio consumo e observar mais as compras por impulso. Quantas vezes as pessoas compram, mas, logo depois, percebem que não gostaram daquilo que comprou? Não é para não comprar nada absolutamente. Mas, não ser um consumidor comum, alienado. Não se deixar levar por “modinhas”. Discuta sobre aquilo que você gosta, o que combina com você, que é a sua “cara”. Não aceite e não “engula” as tendências, a capa da revista de moda. Você é muito mais que isso. Você faz o seu próprio estilo. Repense os seus gastos!

A doação de roupas e de sapatos, além de tudo, faz bem para a alma. A sabedoria indica que não se deve acumular aquilo que não se usa mais. Uma limpeza do armário pode significar uma limpeza da alma, uma renovação, uma mudança. Renove o seu pensamento, a sua maneira de comprar, de ver o mundo. Como pode perceber, a caridade ajuda não apenas quem recebe, mas ambos. Doe o que não usa, doe roupas, doe moda!

Um comentário para “Doe moda, doe roupas: dicas para reforçar o seu estilo e repensar o seu consumo”

  1. Margarida

    Concordo plenamente com o escrito no artigo.
    Para quê o armário a abarrotar de roupa/calçado que não usamos? Toca a doar, que alguém ficará feliz com o que outros, por este ou aquele motivo, já não usam.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Dicas para doar roupas e sapatos com carinho

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)