Ninguém precisa ser especialista em moda para apreciar esse universo.

Há certas coisas que não passam imperceptíveis. Esse é o caso do editorial de moda da Vogue Japão (novembro/2012).

A Revista Vogue trouxe um editorial que mistura micos (literalmente), uma linda paisagem e muitas estampas.

A moda possui algo global, mas, certamente, cada país consegue transpor um pouco de sua cultura para a moda, tornando-a evidentemente localizada nos códigos de vestimenta locais. É possível ver nesse editorial um pouco das características da moda japonesa. Ao mesmo tempo, algumas fotos lembram quadros impressionistas. Nesse momento é que podemos concluir que a fotografia e a moda são arte.

Para inspirar: editorial de moda da Vogue Japão

Kimonos, leques, estampas que lembram algo da cultura japonesa, sapatos excêntricos. Rosa, lilás, verde, preto e branco. Muito volume, tecidos pesados. A leveza é representada pelos vestidos. Há acessórios para os cabelos. Em alguns momentos, o próprio cabelo estruturado ganha relevância na cena.

Moda japonesa: editorial da Vogue Japão

As estampas são o que mais impressiona. Belíssimas e incríveis. Quem não gostaria de uma roupa com uma dessas estampas? Todas lembram muito o universo das gueixas. E  Daphne Groeneveld é a modelo principal do editorial que parece representar uma gueixa moderna. O passado e o presente fundem-se e a proposta é passar um pouco dessa simbiose temporal.

As imagens são de Mark Segal e styling de Giovanna Battaglia.

Editorial da Vogue Japão: gueixas, cultura japonesa e contemporaneidade

Todo o editorial ficou lindo, mas é impossível não se questionar por que as modelos japonesas aparecem como coadjuvantes. A modelo principal deveria ser japonesa. Afinal, é a Vogue Japão. Isso é algo recorrente na Vogue Japão. Há uma ocidentalização e demonstra os estruturadores de poder da moda. No fim das contas, quem consome são as japonesas. E, nem sempre, a moda que elas querem ver é esse tipo.

Um comentário para “Para inspirar moda: editorial da Vogue Japão de novembro/2012”

  1. Luana

    Ameii!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)