O local de trabalho é onde a maioria das pessoas passa a maior parte do tempo. Um ambiente agradável, bonito e inspirador é fundamental para uma vida saudável, para as relações e para maior satisfação. Sabia que a estética do ambiente de trabalho também contribui para a qualidade de vida?

Pesquisas apontam que plantas no escritório podem fazer com que as pessoas trabalhem melhor e se sintam mais felizes. E, faz a maior diferença nos resultados, aumenta a produtividade!

Esqueça aquela ideia de ambiente limpo, extremamente minimalista, somente com mesa e com cadeira para o funcionário. Não basta móveis de escritórios ergonômicos. Plantas para o escritório ajudam no bem estar do funcionário.

E, que tal saber as plantas para a mesa de escritório que irão deixar o lugar mais agradável? O site MULHER DIGITAL traz algumas dicas de decoração com plantas! Veja só!

Decoração de escritório - plantas

Cactos

É o tipo de planta que dá muito pouco trabalho, não exige muitos cuidados, muita manutenção. Há uma variedade de tamanhos. Que tal minicactos? São fofos, não é mesmo? Cactos gostam de iluminação e pouca água. Geralmente, molha uma vez a cada 20-30 dias, aproximadamente. E, embora muita gente pensa que esse tipo de planta passa uma ideia de áspero, conservador, depende da maneira que é colocada. Que tal um vaso fofo? Uma ideia de decoração que muita gente ama é o cacto no vaso de barro. Mas, você pode usar a sua imaginação!

Suculentas

As suculentas são muito charmosas e, assim como os cactos, exigem pouquíssima manutenção. Elas adoram também ambiente iluminado. E, são tendência na decor e no paisagismo. A decoração com suculentas é criatividade! Que tal plantar uma suculenta na xícara? Em um vaso bonito? Ou, onde sua imaginação puder alcançar. Algo muito usado no paisagismo é mistura-las com cactos, seja em um mesmo vaso ou, até mesmo, montando um terrário. É possível também misturar diferentes tipos de suculentas.

Decoração de escritório com plantas |Foto|: http://torispelling.com/|

 

Violetas

Violetas

Houve uma época que se tornam “febre” na decor. As violetas colorem a mesa do escritório com delicadeza. Os especialistas recomendam ficar atento ao tamanho do pote. Elas gostam de luz indireta. Não apreciam aquelas correntes de ar frio. Para regar no tempo adequado, é só colocar o dedo na terra e verificar se está seco ou úmido. Se estiver seco, molhe! São muito fofas, né?

Lança de São Jorge - plantas para escritório|Foto: http://www.gardenista.com|

Lança de São Jorge

E, que tal uma plantinha para espantar o “mal olhado”. Essa crença a tornou uma das plantas mais populares do Brasil. E, vale até superstição no trabalho. Não é mesmo? Um estudo sobre ar limpo realizado pela Nasa em1989, que procurava identificar plantas benéficas para os astronautas mostrou que a espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata) era incrível (ficou em 2º lugar na pesquisa). E, ainda, melhora a qualidade do ar à noite. Você vai embora do escritório e quando chega, ar melhor, mesmo com tudo fechado. Não é incrível? Há versões maiores e menores (versão anã).

Planta pra escritório

Lírio da Paz

Mesmo sem flores, o lírio da paz é uma linda folhagem para a mesa de escritório. É conhecida principalmente por trazer harmonia ao ambiente. Esse é só um dos motivos para a sua popularidade no Brasil. O seu jeito simplista e elegante dá um toque especial em qualquer mesa. Não exige muita manutenção.

 

Planta pra escritório - ervas aromáticas

Ervinhas aromáticas

Não é comum esse tipo de planta no ambiente de trabalho, mas é possível. Uma ótima oportunidade de fazer fazer diferente? Escolha um vasinho bem bonito, plante e leve um pouco de delicadeza para o seu trabalho. Elas ficam lindas naqueles simples vasos de barros. E, dá até para fazer versões mini. Hortelã, alecrim, manjericão, salsa. Qual é a sua erva preferida?

Cultive qualidade de vida, tenha plantas no escritório!

Sobre pesquisa de plantas no trabalho
Nieuwenhuis, Marlon; Knight, Craig; Postmes, Tom; Haslam, S. Alexander. Journal of Experimental Psychology: Applied, Vol 20(3), Sep 2014, 199-214.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)