Muitas pessoas enfrentam problemas para cuidar de seu próprio dinheiro. Alguns entram em dívidas inacabáveis, outros não conseguem juntar dinheiro para fazer aquisições pessoais (como troca de carro, reforma da casa, celular, entre outras) e outros nunca sabem como fazer um planejamento futuro com o dinheiro. O salário chega e não resta nada! Essa é a realidade de muitos brasileiros.

Os recursos (cartão de crédito, cheques e afins) que existem, que seria para facilitar o consumo, acabam virando uma dor de cabeça. É necessário aprender a consumir e também a administrar o próprio dinheiro. Muitas pessoas não entendem absolutamente nada quando ouvem consultores financeiros falando sobre isso, já que muitos insistem em falar vocabulários que ninguém entende.

Para tentar ajudar nesse assunto, criamos alguns passos em linguagem fácil para que você comece a colocar seu dinheiro em ordem. Então se mexa e siga as dicas financeiras do Site Mulher Digital.

Dicas financeiras: tenha controle de seu orçamento

O que é isso? Falando, grosso modo, estabeleça um orçamento com as entradas e saídas do seu dinheiro, ou seja, calcule o que você ganha menos suas despesas essenciais (contas de casa, alimentação, educação, financiamentos que já foram feitos, pagamentos de despesas que não podem ser evitadas), tentando manter sempre um mesmo padrão de gastos e evite saídas de seu dinheiro com despesas supérfluas e com novos financiamentos. Isso inclui ficar de olho naquilo que é cobrado pelo seu banco! *Tarifas Bancárias – Serviços Gratuitos.

Aprender como melhorar as finanças e começar a economizar

Uma vida financeira saudável traz muito mais tranquilidade e alegria para sua vida. Basta seguir alguns poucos passos, e começar a poupar. (Foto: www.huffingtonpost.ca)

Coloque suas dívidas em ordem e não produza mais nenhuma dívida

Financiamentos, pagamentos de cartão de crédito, cheque especial, prestações de algum bem que comprou. Procure zerar com tudo isso! Lembre-se que isso já tem que estar lá no controle de seu orçamento como as despesas que você não pode deixar de cumprir. Seja rigoroso com você! Não caia na tentação de criar novas despesas!

Como acabar com as dívidas: crie e tente manter uma poupança

Criar uma poupança é mais fácil que manter. Para conseguir juntar uma poupança, estabeleça uma quantidade de dinheiro mensal que será depositada na sua poupança e esqueça que existe esse dinheiro. Seja firme! Utilize só em casos essenciais (como saúde, por exemplo). Não utilize para pagar antigas ou novos débitos. Lembre-se que os pagamentos essenciais já foram colocados no controle de seu orçamento! Caso não sobra nunca dinheiro para colocar em poupança! Você tem um problema maior ainda!

Crie planos futuros para seu dinheiro

Os planos podem ser muitos! É aquele velho sonho de reformar a casa, trocar o carro, fazer aquela viagem maravilhosa, comprar uma casa, comprar um playstation, comprar um carro, mobiliar/decorar a casa, comprar computador/notebook. O sonho é seu! O importante é fazer um plano futuro e tentar pensar em realizá-lo pagando à vista ou com a maior entrada possível (conseqüentemente, com o menor financiamento). Esqueça a idéia de realizar seus sonhos por meio de prestações. Seus sonhos podem virar pesadelos! Nada mais confortável que pagar por aquilo que quer de forma tranquila e não ter que pensar nas prestações do seu “sonho”. Planejamento para o casamento, por exemplo, é uma necessidade.

Suspenda por um tempo os pagamentos parcelados no cartão de crédito e/ou cheque!

Só pague no cartão de crédito/cheque aquilo que você pode quitar no próximo mês de forma integral, sem prestações e sem comprometer a sua poupança. Isso faz com que você aprenda a ter controle de seu orçamento e não gaste mais que pode. Se não pode pagar integral porque compromete o seu orçamento, não compre! Lembre-se que as despesas essenciais (como supermercado, educação, entre outros) já estão relatadas no seu orçamento e não tem que criar mais uma conta com isso!

Evite comprar coisas supérfluas

Não compre aquilo que não esteja precisando e pare de achar que você precisa de tudo que existe! Isso vale também para o orçamento da casa, supermercado. Doces, chocolates, CD’s, DVD’s, roupas/tênis mais do que aqueles que já tem, ingressos para shows, peças de carros (Car Tuning), perfumes, bebidas alcoólicas (Isso gasta um tanto!), eletrônicos (celular, por exemplo). Segure-se e tente não ceder a todos seus desejos. Se ceder a todos seus desejos, pode nunca conseguir realizar seus sonhos com tranqüilidade.

Prive-se do extravagante e opte por menos!

Menos é mais! Deixe de lado por um tempo as festas caras, restaurantes com preços exorbitantes, gastos ostensivos com luxo (roupas, perfume, tênis, viagens, etc), comida e bebidas de preços dispendiosos. Tudo bem que você gosta daquele vinho caríssimo, mas pode optar por um outro produto de boa qualidade de preço mais razoável. Isso serve para tudo. Ao invés comprar aquele chocolate suíço caríssimo, adquira uma opção nacional mais barata. Deixa para ir aos restaurantes caros e chiques em datas comemorativas (aniversário, namoro), por exemplo. Pegue um “cineminha”, por exemplo, mas não precisa ser todo fim de semana! Ninguém está dizendo para você não ter mais vida social, mas por optar por alternativas mais baratas financeiramente e talvez mais simples no nível sócio-cultural.

Compare preços para economizar

Se precisar comprar um determinado produto, procure fazer pesquisas de preço em vários lugares. Não compre no primeiro lugar que lhe der apenas um pequeno desconto, você pode conseguir mais. E não pesquise apenas em lugares que, em geral, é mais caro, como shoppings, por exemplo. Isso vale também para compras de supermercado. Com isso, sua despesa com supermercado pode baixar e sobrar dinheiro para colocar na poupança, pagar outras dívidas, entre outras coisas.

Seja rigoroso nos seu “plano” financeiro e tenha força de vontade

Não seja desanimado e malandro na hora de cuidar dos gastos financeiros. Você está querendo enganar quem, cedendo aos seus próprios caprichos? Só você mesmo! E se ficar sempre nesse jeito “molenga” de cuidar de seus gastos, nunca terá grandes patrimônios e sempre vai conviver com o “inferno das dívidas”. Seja obstinado, esforçado e, acima de tudo, feliz. Não encare esse “colocar a casa em ordem” com infelicidade. Veja sempre o lado positivo de tudo! Isso ajuda muito.

Recompense a si mesmo

Às vezes. Depois de tanto trabalho duro, de colocar seu orçamento sob controle e de já ter suas dívidas em ordem, você pode comprar algo que gosta e/ou queria muito, mas sempre seguindo as outras dicas acima. Tenha bom senso! Leva algum tempo até aprender a gerenciar o próprio dinheiro. Não perca de foco seus objetivos! Se recompensar é importante para que o controle financeiro não torne maçante, mas isso não pode se tornar um hábito. E quando os outros querem seu dinheiro? Mais uma vez, se um casal vai se casar, o dinheiro pode ser pedido pelos noivos como presente.

Conquiste o controle de sua própria vida financeira! Isso ajuda a ser feliz, a alcançar diversos objetivos de vida e a conquistar muitos sonhos. Mexa-se, controle, não caia em tentações de gastos. Administre o próprio dinheiro e tenha controle de sua vida. Poupar dinheiro faz parte da administração financeira pessoal.

33 comentários para “Administrando o próprio dinheiro: Como acabar com as dívidas e poupar?”

  1. Jocenilce

    Gostei muito. Preciso de bastantes informações para conseguir me equilibrar. Mande mais informações e artigos sobre gestão e finanças. Obrigada.

    Responder
  2. Valmir Souza

    Boa noite! Gostei muito e gostaria de receber dicas de como controlar as despesas de casa e conquistar objetivos.

    Responder
  3. Viviani

    Muito Bom!
    Vou seguir este procedimento!
    Quero receber mais informações de como administrar o dinheiro!

    Responder
    • Rafael

      Muito obrigado vou seguir conforme escrito

      Responder
  4. Victor

    Verdade, pura verdade, vendo isso vejo que o dificil não é querer mudar e sim o desafio de vencer o nosso inimigo íntimo (…)

    Responder
  5. Renato

    Ótimas as dicas. Parabéns! Utilizo o http://www.organizze.com.br e venho obtendo um resultado bom.

    Responder
  6. Carla

    OLÁ! Parabéns para as recomendações. Vou seguí-las.

    Responder
  7. Natália

    Gostei muito. Sou casada a pouco tempo. Isso será necessário.

    Responder
  8. Darlinei

    Legal estas dicas. Claro que não é facil, mas vou tentar para ver se melhoro um pouco.

    Responder
  9. Joao Vitor

    Gostei muito. Com certeza vai me ajudar bastante.

    Responder
  10. Débora

    Vai ajudar muito aos meus pais saírem do aperto! Torçam por eles :D

    Responder
  11. Sauginete

    Adorei as dicas, vai ajudar muito.tava super desesperada, tentar seguir quem sabe se viajo. Beijos

    Responder
  12. Marli

    Nossa amei tudo isso ira me ajudar muito valeu
    Sempre que tiver novidades manda pra mim está obrigada

    Responder
  13. Rute

    Vou acompanhar seus artigos. Gostei muito, já acompanho artigos de outros site, para tentar por minha vida financeira em dia, acho qu vou conseguir. Obrigada

    Responder
  14. Simone

    Gostei muito, vou tentar.Mas o problema é que meu marido gasta muito ai nós ficamos enrolados todo mês.vou tentar.obrigada.

    Responder
  15. Elisangela

    Adorei;vou tentar hoje mesmo a pagar todas as minhas dividas mande mais informações por favor
    Obrigada

    Responder
  16. Claudionor

    Gostei muito mim abriu os olhos para sertas coisas que eu compro sem nessecidade.

    Responder
  17. Henrique

    Tenho muitos problemas no meu casamento, por causa das dividas.
    Vou mostrar este site para a minha esposa, e ver se realmente ela quer mudar.

    Responder
  18. Andrea

    Adorei as dicas.

    Responder
  19. William

    Achei otimo a sua dicas obrigado

    Responder
  20. Elizabete

    Gostei muito.

    Responder
    • José Ambrósio Silva

      Todo meu salário e para pagar o cartão não consigo fazer uma poupança.

      Responder
  21. Jose Gabriel Tiago

    Eu ganho em média 1100 por més e tenho um divida em um banco de 1400 e meu nome esta sujo no serasa em +-
    3400 gostaria de saber quanto eu posso tirar do meu salario para pagar essas dividas? Obs eu n tenho nada pra pagar ganho esse salario livre para mim todo més mas não estou sabendo administrar esse dinheiro.
    Se puder me dar umas dicas ficaria muito agradecido
    At Gabriel
    Obrigado

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Prezado José,

      Você relata que ganha em média R$ 1100, 00 livre, que não tem que pagar absolutamente nada. Portanto, você deve concentrar todo esse ganho no pagamento da sua dívida. O site MD trouxe algumas dicas sobre como pagar dívidas. Vale a pena ler. Veja://www.mulherdigital.com/como-pagar-dividas/

      Abraços.

      Equipe Mulher Digital.

      Responder
  22. Leivair

    Gostei muito das indicacões, vou colocalas em pratica e tentar resolver meus problemas financeiros, espero em breve dar depoimento de como melhorei minha vida. Obrigado.

    Responder
  23. Eudes

    Gostei muito das dicas…to quase lá.

    Responder
  24. Lana

    Gostei muito…

    Responder
  25. Ana Clara

    Nossa muito bom mesmo vou seguir este conselho…gente não aguento mais de tantas dividas

    Responder
  26. Vicente

    Gostei das dicas irei me esforçar. Mande mais

    Responder
  27. Rafaela

    Nossa! Essas dicas veio em boa hora pra mim. Vou colocar em pratica.

    Responder
  28. Amavel Bravo

    Dicas preparadas pra mim. Gostei muito. Quero mais profundar

    Responder
  29. Alberto

    Gostei das dicas de certeza que vai me ajudar muito, isto porque foi tão comovente e serei rigoroso comigo mesmo

    Responder
    • Jailson

      Gostei muito dessas dicas. Com isso vou chegar a regular tudo em minha vida. Confio em Deus e minha positividade.

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Poupar Dinheiro
  2.  Como Comprar Ovo de Páscoa Barato?
  3.  Gastando o próprio dinheiro: ovo de Páscoa ou barra de chocolate?
  4.  Como pagar as dívidas?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)