Esse é o tipo de coisa que qualquer pessoa está suscetível de ter, mas o que é unha encravada?

Unha encravada é quando o canto da unha cresce para baixo da pele do dedo do pé, causando dor, vermelhidão e inchação na região afetada. Sabe aquela dorzinha chata e persistente no canto da unha? Pode inflamar. E, em alguns casos, pode levar à cirurgia.

A unha encravada é algo que afeta principalmente o dedão do pé. Esse é o dedo, em que mais ocorre esse tipo de problema. Muitas pessoas negligenciam a unha encravada.

Segundo a Mayo Clinic:

“Ter diabetes ou outra condição que cause má circulação aos pés, está no maior grupo de risco de complicações da unha encravada.”

E o que provoca a unha encravada? As causas da unha encravada podem ser muitas, mas as mais comuns são: sapatos apertados/mal ajustados que pressione os dedos, unhas cortadas incorretamente, genética da unha (crescer curva e para baixo), lesões (esportes, bater em algum lugar).

Unha encravada

Inicialmente, o canto da unha que está encravada fica vermelha, dolorida e levemente inchada. Há uma sensação de incômodo. Em seguida, há a formação de pele extra ao redor da unha que aumenta a dor e o inchaço, com a existência de pus de cor amarelada. De acordo com o e-medicine Health, nesse estágio é uma resposta do corpo ao problema da unha encravada. Depois, tudo pode ficar pior (dor, inchaço, vermelhidão) e começar uma infecção, com o aumento do pus. Unha encravada inflamada é coisa séria!

Como evitar as unhas encravadas? Com atitudes simples: sapatos confortáveis, unhas cortadas retas e não tão curtas (Oi, manicures!), pés limpos e secos. O site MULHER DIGITAL traz também os tratamentos para unhas encravadas (clique).

Quem possui esse tipo de problema, precisa ficar atento e não negligenciar a situação. Para casos séerios, procure o médico para orientar sobre a solução do problema.

Imagem:
Wikimedia Commons

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Unhas encravadas: tratamentos

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)