O pensamento de sua primeira visita a um ginecologista pode parecer misterioso ou mesmo assustador – mas não precisa. De fato, sua primeira visita ginecológica é um bom caminho para você e seu médico se conhecerem melhor. É também uma oportunidade para obter informações honestas sobre muitas questões diferentes, incluindo: seu corpo e como ele está mudando, acne, dieta e exercícios, cólicas e problemas com a menstruação, altos e baixos emocionais, sexo e sexualidade, controle de natalidade, infecções sexualmente transmissíveis, álcool, drogas e tabagismo.

Falar com seu médico sobre essas questões é uma parte importante para se manter saudável. Você também pode descobrir o que esperar em futuras visitas ginecológicas.

Enquanto isso, esperamos que este artigo lhe dê uma ideia do que esperar. Este conhecimento deve ajudá-lo a se sentir mais confortável com seu primeiro exame ginecológico e até mesmo ajudá-la a assumir mais uma parte ativa em algo que deve se tornar uma parte regular da sua vida adulta.

É extremamente importante ser sincera com o ginecologista, pois ele não vai contar nada a ninguém. A consulta é sempre sigilosa.

Primeira consulta no ginecologista: o que esperar?

As mulheres jovens devem começar a ver um ginecologista ao mesmo tempo em que elas se tornam sexualmente ativas ou quando experimentam problemas com a menstruação. Você deve ver um ginecologista aos 21 anos, se você ainda não o fez.

O médico ou um assistente irá medir a sua altura, peso e pressão arterial e fazer perguntas sobre sua idade, seu período menstrual mais recente, qualquer gravidez anterior, aborto espontâneo, abortos ou cirurgias, seu uso de controle de natalidade e qualquer histórico familiar. Espere uma conversa bem completa,  e use esse momento para falar de suas preocupações ao ginecologista.

Consulta ginecologista

Espere coisas boas de sua primeira consulta no ginecologista e aproveite para esclarecer suas dúvidas. (Foto: Thought Catalog)

Primeira visita ao ginecologista: os exames

Você pode receber um vestido de pano e alguns minutos para se trocar. Os seguintes exames podem se seguir.

Exame físico

Muitos exames ginecológicos começam com o paciente em uma posição sentada. Durante esta parte do exame, seu coração, pulmões, glândulas tireóideas e seios podem ser examinados. Depois disso, você pode ser solicitada a deitar-se. Então o exame do peito continuará e seu abdômen pode ser suavemente pressionado.

Exame genital externo

Enquanto você ainda está deitada e coberta por um lençol, você será solicitada a colocar os pés nos suportes (também chamados de “estribos”). O médico levantará o lençol e verificará os genitais para cores ou tons incomuns e para coisas como feridas, lesões ou corrimento. Se você tiver alguma dúvida específica, você pode solicitar um espelho e mostrar ao provedor todas as áreas que te preocupam.

Exame vaginal

O médico então usa um instrumento médico chamado espéculo, que é então inserido na vagina para que o colo do útero possa ser visto.

Teste de Papanicolaou (geralmente apenas para mulheres com idade igual ou superior a 21 anos)

Como parte do exame vaginal, o provedor usará uma pequena escova para coletar uma amostra de tecido superficial do colo do útero. Esta amostra será usada para testar câncer cervical e certos tipos de infecção. Esta parte do procedimento pode ser um pouco desconfortável e pode causar incômodos mais tarde.

Exame bimanual

Depois que o espéculo for removido, o médico pode verificar o tamanho do útero, ver se há alguma dor quando o colo do útero é movido, sentir seus ovários e verificar se há anormalidades na área pélvica. Esta parte do exame é feita manualmente, com o praticante usando dedos e luvas lubrificados e a pressão de sua outra mão contra seu abdômen. Um exame retal também pode ser realizado.

Como devo ir para minha primeira visita ao ginecologista?

Quando você ligar para o consultório ou marcar o exame, informe de que este será seu primeiro exame ginecológico.

Se houver um motivo específico para sua consulta, como um problema com sua menstruação, informe isso durante a marcação.

Se você preferir que alguém o acompanhe durante seu exame, informe na marcação e pergunte sobre as políticas do consultório quanto ao acompanhamento.

Se esta é uma visita não-emergencial, tente agendá-la entre os períodos menstruais.

Durante dois dias antes do exame, não use OB, duchas ou insira qualquer coisa na vagina (evite a relação sexual ou outra penetração).

Se você tiver dúvidas para o médico, anote-as antes do tempo.

Esteja preparada para discutir seu histórico médico e medicamentos atuais, incluindo vitaminas e suplementos, e traga registros médicos antigos se você os tiver.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)