As pessoas ficam mais animadas em dias ensolarados. O protetor solar deve ser usado para evitar problemas de saúde (como câncer), envelhecimento precoce da pele e queimaduras. Salve a sua pele! Com tantas opções no mercado, como escolher o protetor solar?

O site MULHER DIGITAL traz as dicas para escolher o protetor solar corretamente:

1. Proteção UVA e UVB. Use protetores solares que protegem de ambos os tipos de raios. O rótulo do produto detalha qual o tipo de proteção o produto oferece. Ambos os raios podem causar câncer de pele. Além disso, o UVA provoca o envelhecimento precoce da pele e o UVB pode provocar queimaduras solares.

2. Fator de Proteção Solar (FPS) adequado para a sua pele. O FPS está relacionado com a capacidade de bloquear os raios UVB (mas não o UVA). De acordo com o Inmetro:

“O valor do FPS é determinado pela razão entre o tempo de exposição até o início de eritema (vermelhidão) na pele com filtro solar e o tempo de exposição até o início de eritema na pele sem filtro solar.”

Nenhum protetor é 100%. Quanto menor o FPS do bloqueador solar, mais baixa é a proteção solar do produto. A escolha do FPS vai depender de cada tipo e cor de pele. Quanto mais clara a pele, maior deve ser o FPS do filtro solar. Vários dermatologistas recomendam o FPS 30 como bom para a maioria das pessoas. O aconselhável é que a pessoa consulte um dermatologista para saber qual o melhor FPS.

Proteção solar muito elevada = com um índice acima de 50. Protetor solar de alta proteção = com um índice entre 30 e 50. Proteção solar moderada para baixo = com um índice entre 15 e 29. Protetor solar de baixa proteção, com uma taxa entre 6 e 14.

3. Para o rosto e para o corpo. Nem sempre o protetor solar para o corpo é o mesmo para o rosto. Os dermatologistas indicam protetores mais leves e livres de óleo (oil free) para o rosto.

Dicas para escolher o protetor solar

4. Textura do protetor solar. Creme, fluido, gel? Oil free? Quem possui pele oleosa, mista e/ou tendência para ter acne, deve escolher opções mais leves (fluido ou gel) e não comedogênicos (livres de óleo).

5. Resistente à agua. Para quem vai praticar esportes ou entrar na água, deve escolher um protetor solar mais adequado. A terminologia “resistente à água”, segundo o FDA, quer dizer que perde a proteção depois de 40 minutos de exposição à água (piscina, suor, praia). Já a terminologia “à prova d’água”, de acordo com essa mesma agência de saúde – FDA (U.S. Food and Drug Administration), a proteção dura cerca de 80 minutos com exposição à água. Vários protetores tem adotado essa terminologia. Não existe protetor solar à prova de água (que não sai de maneira alguma na água). Se qualquer marca dizer isso, é propaganda enganosa.

6. Alergias, pele rosácea e/ou sensível. Quem geralmente possui alergias de cosméticos, pele sensível ou rosácea ou, ainda, tem qualquer tipo de intolerância ao sol, deve escolher um protetor solar apropriado. Nem todos os bloqueadores conseguem atender esse tipo de público. Protetor solar sem perfume e sem parabenos são indicados.

7. Protetores para crianças. Crianças necessitam de filtros solares específicos. Geralmente, as marcas possuem linhas para esse tipo de público (kids/crianças/kid friendly).

* Conselho da Mulher Digital: Na dúvida, escolha o FPS maior. Sou uma verdadeira aficcionada por protetor solar. Já usei do Sundown ao Anthelios, passando por vários, que se eu lhe contar, você não vai acreditar. Vale a pena gastar um pouco mais e comprar um bom protetor solar. A consistência do protetor também é importante. Se for pegajoso demais, o descarte e parta para outro. Não tenha medo de mudar e testar novos produtos. Esqueça a ideia de que apenas a maquiagem ou os creminhos com proteção são suficientes. Use o protetor mesmo! Protetor é saúde!

Imagem:
Wikimedia Commons

3 comentários para “Como escolher o protetor solar?”

  1. Marta Ribeiro

    Adorei as dicas dos protetores, sempre fico na duvida, agoora fiquei bem esclarecida, Parabéns, beijinhos.

    Responder
  2. Danúzia Novak

    Bom dia! Gosto muito dos artigos desse site, leio sempre! Sou esteticista e não pude deixar de comentar esse artigo sobre a escolha do filtro solar, até enviarei este link às minhas clientes. Porém há um erro simples de digitação que faz uma diferença enorme na prática. No item 4, sobre a textura dos filtros há a palavra comedogênico, quando o certo é não comedogênico, isto é não favorece o aparecimento de comedões (cravos). Espero que minha ajuda seja útil. Parabéns pelos artigos!
    Um abraço, Danúzia.

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Danúzia, querida,

      Obrigada pela correção. Eu me distraí! Adoro essas leitoras sempre atentas, viu?

      Beijoconas.

      Mulher Digital.

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Verão 2012: protetor solar Sundown Senses
  2.  Novidade Avon anti-idade: Renew Ultimate + Renew Solar
  3.  Verão 2012: Episol color, protetor + base em um só produto
  4.  Dicas de beleza para o verão
  5.  Dicas de beleza e saúde para o verão
  6.  Top protetor solar para o rosto e para o corpo: Anthelios XL da La Roche-Posay
  7.  7 motivos para usar primer na maquiagem
  8.  Como Manter o Bronzeado?
  9.  Compra nos EUA: protetor solar spray Neutrogena Ultra Sheer Body Mist
  10.  Protetor solar é o melhor antirrugas

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)