Até agora, você provavelmente já ouviu falar das maravilhas do óleo de coco. Pessoas de todo o mundo estão começando a usar este óleo na culinária, cuidados com a pele, produtos de beleza e remédios caseiros para tratamentos dos cabelos. Com o surgimento repentino de produtos de óleo de coco em um curto espaço de tempo, ainda temos que ver os efeitos a longo prazo que o óleo de coco pode trazer. Mas alguns anos de pesquisas e evidências anedóticas nos mostraram alguns dos efeitos colaterais do óleo de coco, os quais você deve conhecer antes de sair aplicando sobre sua cabeça.

Óleo de coco no cabelo pode provocar acne

O óleo de coco apareceu recentemente como um remédio da acne por causa de suas propriedades antibacterianas. Ele é creditado como responsável por matar as bactérias causadoras de acne. Isso parece funcionar apenas para aqueles com pele seca ou normal. Pessoas com pele mista ou oleosa não devem usar óleo de coco no rosto ou nos cabelos, pois isso pode apenas agravar a acne. O óleo de coco pode ser usado em combinação com outros ingredientes favoráveis à pele, mas não deve ser aplicado sozinho à pele oleosa. O cuidado com aplicação deve ser redobrado nos cabelos de quem tem a pele muito oleosa.

Óleo de coco pode provocar alergias

Não é incomum para uma pessoa desenvolver uma alergia ao óleo de coco. Qualquer pessoa alérgica a cocos deve certamente evitar qualquer produto que contenha óleo de coco, seja ele ingerível ou tópico. Os sintomas que podem indicar uma alergia ao óleo de coco incluem erupções cutâneas, urticária, inchaço, náuseas, vômitos e, em casos graves, anafilaxia ou ritmo cardíaco acelerado. No caso de aplicação direta nos cabelos, pode ocorrer até a queda dos fios. Se você observar sinais de reação alérgica grave, procure atendimento médico imediato.

Óleo de coco nos cabelos

Cuidado com os efeitos do óleo de coco para seus cabelos, pois os resultados podem ser negativos. (Foto: www.today.com)

Óleo de coco e dor de cabeça

As pessoas que usam o óleo de coco para seus efeitos desintoxicantes podem sentir dores de cabeça quando os ácidos graxos de cadeia média quebram as células de levedura no corpo. Este processo emite toxinas fúngicas no corpo como desintoxicação ocorre. O processo de desintoxicação pode causar dores de cabeça leves a graves, pois o corpo trabalha duro para se livrar das toxinas. O próprio cheiro do óleo de coco e a absorção pela pele nos cabelos pode causar essas reações, o que pode ser um problema.

Quais opções ao óleo de coco?

Se você tem uma dessas reações ao óleo de coco, há várias outras opções para hidratar e cuidar bem dos seus cabelos. Vitaminas, máscaras, misturas com mel, podem proporcionar ótimos resultados para seus fios de cabelo. É importante que esses cuidados sejam parte de uma rotina de beleza, bem como uma alimentação balanceada e equilibrada, garantindo os melhores blocos de construção para seus fios de cabelo.

Lembre-se sempre que a prevenção e e proteção de seus fios é o melhor remédio para evitar o ressecamento.

Agora queremos saber de vocês: já tiveram alguma reação indesejada com o óleo de coco? Qual? O que tiveram que fazer para resolver o problema? Compartilhem conosco nos comentários. Sua participação é muito importante para nosso blog crescer cada vez mais!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)