Muita gente está atrás de soluções para acelerar o metabolismo.

O aumento do metabolismo pode ajudar no processo de emagrecimento.

As pessoas em geral possuem receio do uso da gordura. Há o senso comum de considerar toda e qualquer gordura como maléfica para o organismo. A gordura é boa para o corpo, se consumida nas quantidades recomendadas.

E, o óleo de coco possui benefícios bem diferenciadas, se comparado com outras gorduras saturadas. Ele é um alimento termogênico e usa-lo na alimentação pode favorecer o gasto de energia.

Esse fato pode ser atribuído a diversos fatores, como como melhorar o desempenho da insulina no organismo e aumentar a função da tireoide para maior gasto de energia. E, também, acelera o metabolismo por ser facilmente ingerido e convertido em energia, já que é um ácido graxo de cadeia média. Analisar a eficiência do óleo de coco é complexo.

Os ácidos graxos de cadeia média normalmente são mais eficazes para elevar o metabolismo que aqueles de cadeia longa (estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition). E que esse tipo de gordura ajuda a aumentar o metabolismo e queimar a gordura armazenada.

Óleo de coco emagrece

Um estudo realizado em 2009, apontou que o óleo de coco promoveu a redução da gordura abdominal de parte da amostra das mulheres pesquisadas (entre 20-40 anos). O óleo de coco foi introduzido na alimentação, associado com alimentação equilibrada e, no mínimo, 50 minutos de exercícios por dia. Outro estudo de 2011, realizado com 20 voluntários mostrou que pareceu eficaz para a redução da circunferência abdominal, especialmente nos homens.

No entanto, muitos médicos defendem que ainda nenhuma pesquisas ainda mostrou resultados satisfatórios na relação de ingestão de coco com a melhoria do índice de massa corpórea (perde de peso), conforme aponta a famosa Clínica Mayo. Pesquisas sobre o óleo de coco estão sendo feitas.

Uma boa parte dos pesquisadores concordam que é preciso compreender melhor como o óleo de coco atua no organismo humano e o seu efeito a longo prazo. Ainda não há um consenso na saúde sobre os reais e amplos efeitos do óleo de coco no organismo.

As pesquisas sugerem que o óleo de coco possuem propriedades interessantes para o corpo, conforme discutido anteriormente.

Saiba também: Como usar o óleo de coco para cozinhar?

Uma parte significativa dos médicos e nutricionistas concorda que as gorduras devem fazer parte da dieta, seguindo as proporções recomendadas. O fato é que não há nenhum alimento milagroso e que excessos no consumo da gordura podem trazer muitos malefícios. Dessa forma, o uso do óleo de coco deve ser associado a uma alimentação equilibrada e à prática de exercícios físicos.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)