Muita gente pensa que se deve abolir a gordura totalmente do cardápio.

Há muitos mitos com relação à gordura na alimentação.

O corpo humano precisa de gordura para o bom funcionamento. De forma geral, a gordura é necessária para dar energia ao corpo e contribuir com muitas outras funções, como facilitar a absorção de algumas vitaminas e trabalhar o controle do colesterol.

Basicamente, o organismo precisa de uma combinação de três macronutrientes na alimentação: proteínas, gorduras e carboidratos.

As gorduras desempenham um papel importante no organismo. Elas são necessárias para absorção das vitaminas lipossolúveis A, S, E, K e prevenir deficiências dessas mesmas vitaminas. Ajudam o corpo a produzir endorfinas. São constituintes das membranas celulares. As gorduras também fazem parte da mielina – camada isolante de gordura que envolve cada fibra nervosa, que permite transmitir “mensagens”.

Gordura faz mal para a saúde

A gordura possui mais calorias por grama que carboidratos e gorduras. Por isso, muitas vezes, ela é vista como uma vilã da saúde.

Os pontos que devem ser considerados são: o tipo de gordura que se consome e a quantidade diária na alimentação. É preciso compreender a gordura que é boa e ruim para o organismo.

As gorduras consideradas interessantes para a saúde são as gorduras insaturadas e poli-insaturadas. Alimentos que possuem gorduras boas: azeite extra virgem, óleo de coco, óleo de peixe, sementes de cânhamo, óleo de linhaça e quaisquer outros óleos vegetais (prensados a frio). E várias outras…

As gorduras saturas, encontradas em produtos de origem animal (carnes gordas, manteira, queijos…), e as gorduras trans, encontradas em frituras, podem causar um grande aumento nos níveis de colesterol ruim e trazer outros malefícios para o corpo. Por isso, essas gorduras especificamente devem ser evitadas.

É claro que mesmo a gordura boa não deve ser comida em excesso.

A quantidade de consumo diário de gordura também deve ser respeitada. Normalmente, a recomendação geral é 30% de quantidade de gordura na da dieta diária.

Nesse modismo de dietas, é preciso ficar atento ao que é verdade ou não sobre saúde.

É claro que, ainda que se tenha recomendações gerais, cada organismo funciona de uma maneira muito particular e pode ter diferentes necessidades. Um nutricionista ou um nutrólogo pode diagnosticar de maneira mais adequada uma dieta balanceada a partir de cada pessoa.

A alimentação equilibrada com um pouco de tudo ainda é considerada a melhor opção para a saúde do organismo.

Trackbacks/Pingbacks

  1.  Como usar o óleo de coco para cozinhar

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)