Se você está enfrentando dificuldades para dormir, você pode estar nas garras de insônia. Uma série de fatores pode causar insônia em mulheres. As mulheres mais jovens geralmente têm um sono melhor, em comparação com mulheres mais velhas. Se você é uma dona de casa ou uma mulher no mercado, da carreira às crianças, eventos sociais e familiares, a vida vem em primeiro lugar e o sono vem por último. As mulheres são duas vezes mais propensas que os homens a ter dificuldades em adormecer ou manter o sono.

Insônia ou falta de sono pode mantê-la acordada por uma noite ou duas, enquanto você luta com problemas no trabalho ou em casa. Toda mulher vai enfrentar o problema de insônia em algum momento de sua vida. A insônia não é sobre a dificuldade em dormir, mas ela também pode fazer você se levantar de manhã cedo.

Há muitos fatores que podem causar insônia em mulheres. Algumas dessas causas incluem:

Alterações hormonais – Nas mulheres, há muitos eventos de alterações hormonais que podem perturbar o sono. Estes eventos são a tensão pré-menstrual, menstruação, a gravidez e a menopausa. Todas estas condições são temporárias e a insônia causada devido a estas razões podem ser eliminadas com a higiene do sono adequada.

Durante a menstruação – Os hormônios chamados estrogênio mantém você alerta e a progesterona a faz sonolenta. Os níveis de progesterona diminuem durante a menstruação, causando a insônia. Quando o nível de progesterona aumenta durante a ovulação, você pode se sentir mais sonolenta do que o habitual. Durante o período da menstruação, os níveis hormonais estão no seu nível mais baixo. Mais de 70% das mulheres queixam-se de problemas de sono durante o período de menstruação. A qualidade do sono varia em diferentes pontos do seu ciclo menstrual. A insônia é um problema regular, recorrente, para algumas mulheres, uma vez por mês, pouco antes do período menstrual. A tensão pré-menstrual também é um grande motivo de insônia em mulheres.

Insônia nas mulheres

A qualidade de vida de uma pessoa cai muito com a insônia. Por isso, é sempre importante priorizar uma noite de sono bem dormido. (Foto: guardian.co.uk)

Durante a Gravidez – As mudanças nos níveis de progesterona no primeiro trimestre e última fase da gravidez podem prejudicar o ciclo normal do sono.

Menopausa – Durante as primeiras fases da menopausa, os hormônios estão flutuando intensamente. Você pode experimentar ondas de calor, uma sensação de ansiedade, sudorese durante este período e pode experimentar a vigília na noite. O sofrimento psicológico causado por essas mudanças na vida pode resultar em insônia nas mulheres. Essa insônia é geralmente temporária.

Após o nascimento do bebê – Durante um longo período de tempo após o nascimento, a maioria das mulheres continua altamente sensíveis a até mesmo os menores ruídos produzidos pela criança, o que faz com que elas facilmente acordem. As mulheres que tiveram filhos dormem menos eficientemente ou profundamente do que as mulheres que não tiveram filhos. A maioria das mulheres segue esse padrão de alta sensibilidade muito tempo depois que os filhos cresceram.

As mulheres são mais propensas à depressão e ansiedade – As mulheres correm um maior risco do que os homens para a depressão e ansiedade, que são fatores de risco conhecidos para a insônia. De fato, alguns pesquisadores acreditam que esta é a principal razão para as diferenças de gênero na insônia. A razão para esse maior risco pode ser a configuração social e as condições de uma sociedade. Se você é uma mulher de trabalho, você vai gastar o mínimo de tempo na cama.

Insônia e seu estilo de vida – Seu estilo de vida também pode afetar o seu padrão de sono. Se você está gastando muito tempo em convívio com seus amigos em vez de ir para a cama na hora certa, esta pode ser a razão principal da sua insônia.

Donas de casa também pode ter problemas com o sono – As razões podem ser crianças ou animais em casa. Outra razão pode ser a falta de atividades de lazer nas horas da noite. Se você está gastando sua noite principalmente em crianças e outras atividades em casa, pode ter problemas de sono ou insônia.

Mulheres que trabalham, casada e tem filhos em idade escolar estão em maior risco de problemas relacionados ao sono. Sobrecarregadas com as obrigações profissionais e familiares, podem ter pouco tempo para se exercitar, relaxar ou passar o seu tempo em atividades de lazer e recreação.

Estilos de vida modernos são a principal causa de insônia em mulheres estes dias.

Sono para saúde

O sono ajuda seu corpo a se recuperar de todos as agressões que sofreu durante o dia, mantendo sua beleza intacta. (Foto: healthmeup.com)

Solução para a insônia em mulheres

A coisa mais importante que você pode fazer para melhorar o seu sono é fazer de dormir uma prioridade

Manter um diário do sono pode ajudar a encontrar a causa exata da insônia. Nele, escreva quando você vai dormir e anote o tempo que ficou na cama, o número de vezes que você se levantou durante a noite, o primeiro e o último dia do período, todos os sintomas da menstruação. Se você achar que você está tendo insônia no mesmo dia do seu período menstrual a cada mês, você pode estar certa de que é devido à flutuação hormonal.

O magnésio tem um efeito calmante sobre o cérebro e pode ajudar na prevenção de insônia. Coma alimentos ricos em magnésio, como a soja, amêndoas e feijão. Tome cerca de 500 miligramas de magnésio diariamente. Isso vai ajudá-la na cura da insônia.

Os níveis de estrogênio geralmente caem quando você está nos perto dos 40 anos. Verifique os seus níveis de estrogênio e se o seu diário do sono não revelou quaisquer outras possíveis causas de insônia, o seu médico deve verificar os níveis de hormônio folículo estimulante, os primeiros indicadores da menopausa.

Coma alimentos ou frutas ricas em estrogênio: comer um monte de maçãs, cenouras, cerejas, aveia, ervilhas, batatas, feijão verde, soja e brotos, que irá aumentar o seu nível de estrógeno e evitar a insônia.

Diminuir os níveis de estresse saindo à noite e fazendo algumas atividades recreativas durante a noite ajuda. Relaxe, adotando técnicas de relaxamento boas.

Acima de tudo, evite pílulas para dormir. Pílulas para dormir podem ter efeitos secundários perigosos e prejudiciais. É altamente recomendável optar por algum tratamento natural para a insônia.

No caso de algum sintoma persistir ou sua vida estiver muito prejudicada pela insônia, a recomendação é buscar uma clínica do sono ou um psiquiatra que possa atendê-la. Nós apenas damos algumas dicas, mas nada irá superar um conselho médico.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)