Para muitos de nós, a maneira rápida e fácil de comer é escolher os alimentos processados. Normalmente, são mais cômodos para a correria contemporânea.

Salgadinhos, doces, bolachas, alguns embutidos, molhos, snacks engordativos, cereais matinais (sucrilhos), bebida láctea e muitos outros. Por trás dessa conveniência, esconde-se quantidades absurdas de sódio, açúcar, gordura trans e outras ruins para o organismo, além de muitos aditivos químicos.

Muitos desse grupo de alimentos são incrivelmente baratos, são populares e estão em voga na publicidade. Tudo isso estimula ainda mais o consumo voraz.

Os alimentos são potencializadores de inúmeras doenças, principalmente o câncer, a diabetes e doenças do coração. Alimentos processados fazem mal à saúde!

O site MULHER DIGITAL traz aqueles que devem ser evitados a todo custo!

Alimentos ruins|imagem: www.fastcoexist.com|

Salsicha

Está no topo dos alimentos que devem ser evitados! Qual é o problema? Há ingredientes usados que possuem associações com o risco aumentado de câncer, especialmente nitritos e nitratos. Os corantes podem provocar problemas no estômago e alergias. O excesso de sal desse tipo de produto também é prejudicial à saúde. E, o pior: a carne (se é que tem carne) e as misturas contidas na salsicha é de pior qualidade.

Refrigerante

Muitas pessoas bebem refrigerante ao invés de bebidas saudáveis. Há até aqueles que estão com sede e o escolhem no lugar da água. O seu consumo tem preocupado tanto que em alguns países adicionam um imposto maior nesse tipo de bebida para incentivar que as pessoas parem de comprar e/ou comprem menos. O refrigerante é pouco nutritivo, possui uma quantidade enorme de açúcar, muitos corantes prejudiciais à saúde que estão associados ao câncer. A Escola de Saúde Pública de Harvard relata também que esse é um dos alimentos causadores da epidemia da obesidade. E, comer muito açúcar faz você comer cada vez mais e mais.

Açúcar

É altamente processado e está em quase tudo! Há muitos alimentos industrializados com açúcar escondido. O açúcar possui um efeito no cérebro tão viciante quanto a cocaína. Quanto mais come, mais quer comer. Pode acarretar inflamações, que conduz ao crescimento desordenado das células e provocar células de cancro, diabetes, processos depressivos, ansiedade, resistência a insulina e muito mais!

Nuggets de frango

Assim como a salsicha, existe uma mix de “produtos” nesse tipo de alimento que é considerado de má qualidade, incluindo vários ingredientes sintéticos. Infelizmente, não só um pedaço de frango. Possui um alto nível de gordura e de carboidratos. O pior ingrediente é o butil hidroquinona (TBHQ) que é um antioxidante utilizado como conservante. No Japão e no Canadá essa substância é proibida, pois há relação dessa substância com casos de câncer. Sem falar que é um alimento deficiente de muitas vitaminas e minerais. O Daily Mail até divulgou um caso de uma adolescente que teve colapso após comer nuggets como a sua principal refeição por algum tempo. Junk food que mata!

Macarrão instantâneo

Rápido, pouco nutritivo e nada saudável! Quantidades exorbitantes de carboidrato, sódio. Possui glutamato monossódico, que pode desencadear várias reações, como dor de cabeça, alergias, dormência, palpitações cardíacas, fraqueza. Há um estudo de John Olney que sugere lesões cerebrais, obesidade e outros problemas proveniente da ingestão dessa substância. E, ainda, possui a butil hidroquinona (TBHQ), o mesmo ingrediente insalubre do nuggets. Elimine esse noodles viciante!

Chips

Está no topo da lista dos alimentos com baixo valor nutritivo, “calorias vazias” e, ainda, muito sal e gorduras. Há muitos corantes, aditivos químicos e o mais preocupante é o butil hidroxitolueno (BHT), usado para prevenir que o sabor fique ruim ou rançoso. Esse componente é usado em produtos de petróleo, farmacêuticos e cosméticos. Há indícios que podem induzir o câncer, doenças neurológicas e comportamentais.

Molho de salada industrializado

Já leu a lista de ingredientes do molho de salada da prateleira do supermercado? Muitas calorias, gorduras e aditivos químicos que a comunidade médica sugere fazer mal para a saúde. Faça o seu próprio molho de salada, com óleos saudáveis, como azeite, iogurte natural.

Cereal matinal

O café da manhã com qualquer cereal matinal é a maneira péssima de começar o dia! E, isso vale para aqueles cereais que se dizem saudáveis. Não é saudável. Leia o rótulo dos ingredientes! Bombardeados por ingredientes mortíferos, como conservantes, vitaminas e minerais sintéticos, ingredientes modificados geneticamente. É pobre em nutrientes, muito açúcar e carboidratos. É como comer uma “bomba” prestes a explodir!

Biscoito recheado

Óleo hidrogenado, tonelada de gordura, muito pouco valor nutritivo, muito açúcar, farinha de trigo refinada, aditivos químicos duvidosos. Pesquisas já mostraram que esse tipo de alimento pode até mesmo danificar a memória, como aponta o Daily Mail.

Pipoca de microondas

Muita química, muita gordura. E, o mais perigoso: ácido perfluorooctanóico (PFOA) está no saco de pipoca. Estudos independentes sugerem que são cancerígenos. E, ainda tem diacetil que é usado como aditivo artificial responsável pelo aroma e pelo sabor, associado com doenças de pulmão, como aponta o site Toxipedia.

O mais saudável é comer os alimentos com o mínimo de processamento possível. Nem sempre é possível, mas essa lista de alimentos acima precisa se tornar exceção na alimentação. Aprecia-los de vez em quando e, se possível, abolir da alimentação. Especificamente dessa lista, há outras alternativas muito mais saudáveis.

Privilegie alimentos simples e frescos. E, duvide de qualquer profissional de saúde, especialmente nutricionista e/ou nutrólogo que permitir esses tipos de alimento.

3 comentários para “10 alimentos processados que devem ser abolidos”

  1. Cibele

    Olá boa noite!

    Muito interessante a matéria!
    Quanto aos cereais incluem esses integrais, tipo Nesfit, ou as referência são aqueles açucarados?

    Beijinho

    Responder
    • Equipe Mulher Digital

      Cibele, querida,

      Os especialistas indicam comer os alimentos menos industrializados possível. Mesmo desse tipo que se intitula “saudável”, possui conservantes e outros ingredientes ocultos. É O que afirma alguns especialistas em longevidade e nutricionistas focados na alimentação funcional. E, alguns afirmam ter uma taxa de carboidratos/açúcares muito grande. É Claro que comer uma vez ou outra da semana não deve fazer mal.

      Responder
  2. Wilson Silva

    Desejo mais informações.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)