O glúten realmente faz mal para quem possui doença celíaca ou intolerância ao trigo. Mas, muitas pessoas estão adotando a dieta livre de glúten, mesmo sem ter nenhum desses problemas.

Nos últimos tempos, a dieta sem glúten tornou-se um “boom” em academias, entre as celebridades e se transformou em mais uma alternativa de emagrecimento. Outro motivo para a popularidade é indícios  de redução do volume abdominal e de inchaços corporais.

O site MULHER DIGITAL já trouxe informações sobre o que é o glúten.

O glúten é uma proteína presente no trigo, no centeio e na cevada. Está presente nos alimentos mais deliciosos, como pizza, pães, biscoitos, bolos… Tudo de farinha de trigo e outros alimentos. Pode ser encontrado em uma infinidade de alimentos que muitos amam.

Dieta sem glúten

Por que o glúten preocupa (mesmo sem doença celíaca, intolerâncias)?

As pessoas de todo o mundo estão comendo mais esses tipos de alimentos que contém glúten. A ingestão de massas e cereais está subindo para números exorbitantes. E o grande problema é que a maior parte desses alimentos são processados, possuem calorias vazias (alimentos com pouco ou nenhum nutriente) e grandes níveis de açúcar e gordura. Junto a isso, o excesso de peso, a obesidade e os hábitos de vida insalubres. Ao mesmo tempo, existe um considerável aumento de pessoas com intolerância ao glúten que, muitas vezes, não sabem.

Alguns especialistas associam o excesso da alimentação com glúten com alergias, intolerâncias, mudanças no metabolismo e, até mesmo inchaços abdominais. Acredita-se que uma dieta sem glúten poderia levar os indivíduos a terem hábitos mais saudáveis, já que os mesmos passariam a comer alimentos menos processados, mais frutas, legumes e verduras e diminuiriam a ingestão de carboidratos.

Dieta sem glúten emagrece?A dieta sem glúten é boa para todos?

Alguns médicos são enfáticos ao afirmar que esse tipo de dieta deve ser adotada apenas por quem possui problema com o glúten. Outros sugerem que a dieta sem glúten poderia ser adotada por um curto espaço de tempo, como uma espécie de detox no organismo. Não há um consenso.

Mas, todos concordam que não significa que os alimentos com a rotulação “sem glúten” são mais saudáveis, menos calóricos e menos gordurosos. Também não quer dizer que a alimentação sem glúten levaria a uma vida mais saudável. Para muitos médicos, uma dieta sem glúten reduziria a quantidade de outros nutrientes importantes para o organismo existentes em alimentos com glúten. Além disso, o emagrecimento associado a dieta sem glúten é óbvio para quem está acostumado a comer muita massa, pães (que contém glúten) e corta esses alimentos. Uma reeducação alimentar rica em todos os tipos de alimentos poderia levar ao emagrecimento também.

A melhor opção é ainda uma alimentação equilibrada com proteínas, grãos integrais, frutas, legumes e verduras e gorduras saudáveis. Modismos nutricionais são sempre problemáticos. A indústria de alimentos adoram aproveitar as dietas da moda para rotular os seus produtos de acordo e vender mais. O recomendado é dialogar com um nutrólogo para que o mesmo organize uma reeducação alimentar, de acordo com as necessidades de cada um. A vida saudável está muito além do glúten.

Trackbacks/Pingbacks

  1.  O que é gluten?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)