Hipotireoidismo é uma condição em que a tireoide trabalha menos do que deveria. A tireoide é uma glândula de nossos corpos que regula muitas funções corporais. Os sintomas de hipotireoidismo podem começar lentamente e tornar-se cada vez mais graves. Hormônios tireoidianos baixos podem afetar muitas áreas do corpo. Sabendo melhor o que ele é, é bom também conhecer seus efeitos sobre o organismo, para ajudar um médico no diagnóstico apropriado de condições que afetam a tireoide.

Hipotireoidismo e seus efeitos sobre coração, veias e vasos sanguíneos

Hipotireoidismo pode causar pressão arterial baixa e diminuição da frequência cardíaca. Estes sintomas podem colocar uma pessoa em maior risco de endurecimento das artérias ou ataque cardíaco. Hipotireoidismo também pode levar a problemas com colesterol.

Hipotireoidismo e danos aos nervos

A doença da tireoide pode afetar seus nervos e sistema nervoso. Se seus hormônios tireoidianos não são bem controlados, os nervos periféricos do seu corpo podem sofrer. Estes nervos enviam mensagens do seu cérebro para o resto do seu corpo. A neuropatia periférica pode causar:

  • Formigamento
  • Dormência
  • Fraqueza
  • Dor de queimação

Efeitos do hipotireoidismo para o cérebro

Dificuldade de pensar ou um sentimento de fadiga extrema, às vezes ocorre em pessoas com hipotireoidismo. Esta obscuridade mental pode levar ao esquecimento ou dificuldade em completar tarefas que outrora eram mais simples.

Sintomas do hipotireoidismo

O hipotireoidismo é um problema de saúde que pode afetar muitos aspectos de seu metabolismo, e quanto mais cedo você identificar os sintomas, melhor para sua saúde. (Foto: www.womentowomen.com)

Alterações no humor devido ao hipotireoidismo

A ligação entre a função da tireoide e a depressão já é conhecida há muito tempo. De acordo com pesquisas de especialistas na área, pessoas com problemas de tireoide são mais propensas a desenvolver sintomas depressivos.

Tenho hipotireoidismo e engordei: alterações no sistema digestivo

Hipotireoidismo muitas vezes retarda o seu metabolismo. Além disso, baixos níveis de hormônios tireoidianos podem alterar a maneira como o estômago digere o alimento. Hormônios da tireoide afetam a produção de um hormônio do estômago chave, gastrina. Baixos níveis de gastrina pode levar a azia, úlceras, refluxo, inchaço e inflamação. Esse efeito pode resultar no ganho ou perda de peso e até um inchaço do corpo. Porém, essa perda ou ganho de peso é menos dramática do que a que acontece no hipertireoidismo.

Hipotireoidismo e seus efeitos sobre os ossos

Ter baixos níveis de hormônio estimulante da tireoide pode levar a um maior risco de fratura óssea. Hipotireoidismo geralmente não leva à perda óssea, mas tendo muito hormônio da tireoide artificial pode causar perda óssea. É importante que o seu médico verifique regularmente os seus níveis hormonais para se certificar de que estão no nível adequado.

Vesícula biliar e o hipotireoidismo

Hipotireoidismo pode causar um aumento de cálculos biliares. Isto acontece devido ao hormônio tireoidiano tiroxina relaxando a abertura da vesícula biliar. Isso faz com que a bílis flua anormalmente, levando ao aumento da produção de pedras na vesícula.

Efeitos do hipotireoidismo nos olhos

Hipotireoidismo pode fazer os pelos da sobrancelha se afinarem. Isso geralmente ocorre na parte externa da sobrancelha. Alguns inchaço nos olhos também pode ocorrer como resultado de hormônios tireoidianos baixos. Mudanças de visão são mais prevalentes em uma forma de hipotireoidismo chamada doença de Graves.

Alterações na pele e nos cabelos causadas pelo hipotireoidismo

Como muitas condições da pele têm sintomas sobrepostos, diagnosticar distúrbios de pele induzidos pela tireoide pode ser difícil. Hipotireoidismo pode levar a uma incapacidade de lidar com temperaturas frias, provocando pele seca ou cerosa. Você também pode experimentar unhas estriadas ou divididas, inchaço e uma aparência pálida ou amarela das pernas. O couro cabeludo e os cabelos podem ficar finos, grossos ou secos.

Glândula pituitária e o hipotireoidismo

Hipotireoidismo pode ocorrer como uma condição secundária. Problemas da glândula pituitária podem causar doenças da tireoide. Isso ocorre porque a glândula pituitária e o hipotálamo regulam a tireoide. Hipotireoidismo secundário ocorre quando a glândula pituitária não consegue produzir o hormônio estimulante da tireoide. A causa é muitas vezes um tumor benigno, não cancerígeno. Este hipotireoidismo secundário é mais comum em mulheres com idade superior a 50 anos e em pessoas que tiveram um problema na glândula pituitária previamente.

Hipotireoidismo, o pâncreas, e os níveis de açúcar no sangue

O pâncreas e a tireoide são ambos parte do sistema endócrino do corpo. Como resultado, estes dois sistemas trabalham frequentemente em conjunto. Um influencia o outro. Assim, quando a tireoide está lenta, o controle de açúcar no sangue se torna mais difícil. Neste caso, esta lentidão leva a diminuição da absorção de açúcar no estômago, que pode desencadear a fadiga. Esses desequilíbrios são mais comuns na tireoidite de Hashimoto, uma condição autoimune.

Hipotireoidismo emagrece muito? Engorda? Como lidar com o hipotireoidismo?

Como você pode ver, o hipotireoidismo pode afetar várias partes do seu corpo de alguma forma. No entanto, é importante lembrar que isso afeta a todos de forma diferente. Então o que você experimenta pode não ser o mesmo que outra pessoa. Um indivíduo pode ganhar peso, enquanto outro pode perder peso pelos problemas causados ao sistema digestivo. Certifique-se de manter visitas regulares ao seu médico para que ele possa monitorar seus resultados laboratoriais e levá-lo ao plano de tratamento certo. Fazer isso significa que você pode levar uma vida normal e saudável.

Você tem ou já teve hipotireodismo? Como lidou com esse problema de saúde? Quais profissionais médicos te acompanharam?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)