Se você é nova no mundo depilação, tem pele sensível ou é propensa a alergias, conhecer os tipos de cera que o salão usa antes de obter uma depilação pode ajudar muito a evitar reações ruins. Para as mulheres (e os homens), a depilação pode ser uma ótima maneira de se livrar dos pelos indesejados. Geralmente, existem dois tipos diferentes de cera disponíveis, cada uma com uma finalidade diferente.

Tipos de ceras depilatórias

Independentemente do salão que você escolher para visitar, você encontrará principalmente dois tipos diferentes de cera: quente ou fria. O tipo de cera que você seleciona dependerá da área que você está encerando, bem como suas preferências pessoais. Existem vantagens e desvantagens para ambos os tipos de cera. E dentro de cada tipo de cera ainda há classificações únicas que podem ser feitas de acordo com a fabricação da cera.

Cera quente para depilação

A cera quente geralmente é usada para partes menores do corpo. Exemplos incluem as orelhas, rosto, nariz, sob os braços e até mesmo a área da virilha

Quando este tipo de cera é aplicada em áreas sensíveis, ela começa a esfriar e endurecer. Durante este processo, ela se gruda nos pelos e é puxada para fora da pele de modo que ela só agarra os pelos quando é hora de remover a cera. Este processo permite que a cera seja removida com segurança sem puxar a pele, que muitos clientes acham menos doloroso do que outros tipos de ceras.

Quando a cera quente é aplicada, ela precisa estar em uma área relativamente pequena, caso contrário ela pode quebrar e tornar-se ineficaz. Uma vez que a camada de cera tenha sido aplicada, há um período de espera antes de endurecer o suficiente.

Tipos de cera para escolher

Seja cera quente ou fria, você tem opções também dentro desses tipos de cera para escolher a que terá os melhores efeitos na sua depilação. (Foto: www.retalcenter.com)

Cera fria para depilação

A cera fria é a cera para áreas maiores, como pernas, braços e costas. Esta cera é tipicamente espalhada por uma área maior, coberta com um papel ou plástico e removida. Um dos benefícios deste método é que a cera fria faz um bom trabalho para se livrar de pelos finos. No entanto, ao contrário da cera quente, ela não pode ser reaplicada a uma área porque começará a remover as células mortas da pele em vez de qualquer cabelo restante. Este tipo de cera não exige muito tempo de espera, pois só precisa endurecer um pouco antes de ser removida. Embora a cera fria possa ser aplicada em diferentes direções para ajudar a pegar e remover os pelos, ela só pode ser aplicada na direção em que o pelo está crescendo.

Ceras depilatórias profissionais: cera de mel

Um dos tipos mais comuns de cera, tem como maior vantagem ser feita apenas com produtos naturais. Ela pode “empedrar” rapidamente, o que faz da versão quente dessa cera melhor por poder ser aquecida. Ela gruda bem rápido e muitas vezes deixa resíduos nos lugares que foram depilados.

Cera de chocolate

Geralmente feita com uma mistura de chocolate, cravo, e outros ingredientes, possui propriedades anti-inflamatórias que podem aliviar a dor após a depilação. Sua textura mais fina possibilita sua remoção quase que completa da pele, quase sem deixar resíduos.

Cera negra

Um dos problemas mais comuns das ceras é a quebra da mesma quando ela está sendo puxada para a depilação. A cera negra tenta evitar esse problema com uma elasticidade maior do que os outros tipos de ceras. Ela é indicada para aquelas que tem pelos mais resistentes a depilação e mais grossos. Muito recomendada para homens e para a aplicação na barba.

Cera de algas

A cera de algas já foi muito popular nos salões por ser mais indicada para regiões sensíveis do corpo. Hoje, com mais opções disponíveis, ela tem ainda seu lugar guardado como ótima opção para a depilação de axilas, buço, e virilha.

Cera de rosa

A cera de rosa está ganhando os salões, usando o princípio ativo da rosa mosqueta em sua fórmula. Tal formulação acaba por agredir menos a pele, sem criar também muitos resíduos que grudam na pele. É antialérgica e pode ser usada em diversas partes do corpo.

Cera australiana

A cera australiana é mais um processo e técnica do que só um produto em si. Sua aplicação é feita em conjunto a vários outros produtos de limpeza, preparação da pele, óleos especiais, entre outros. As fontes naturais para a fabricação da cera garantem uma origem ecológica. Destaque para a cera de acabamento, que é capaz de remover até os pelos mais curtos. É também antialérgica e com certeza, o tipo mais caro de cera de depilação de nossa lista.

A depilação pode causar problemas de pele: cuidado!

Embora a cera seja uma forma eficaz de depilação, pode ser irritante para a pele. No entanto, algumas pessoas são alérgicas à própria cera. Sinais de alergia podem incluir pele vermelha e irritada, juntamente com coceira, bolhas e inchaço em reações mais graves. Se você é alérgica à cera, pergunte com antecedência se o seu técnico pode usar uma cera antialérgica, ou se você deve tentar um método de depilação diferente, como a depilação a laser..

Quais outras ceras de depilação você conhece? Quais ceras você usa na sua depilação hoje em dia?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)