As estrias aparecem em regiões da pele e se parecem com faixas, listras ou linhas irregulares.

Elas aparecem quando uma pessoa cresce, ganha ou perde peso rapidamente ou tem certas doenças/condições médicas. Ou, então, podem surgir quando existe um rápido estiramento da pele.

As estrias podem ser encontradas em crianças que cresceram rapidamente ou se tornaram obesas, são frequentemente associadas com a dilatação abdominal na gravidez, podem ocorrer durante o rápido crescimento no período da puberdade. Também, peso instável e/ou adotar dietas malucas para a perda rápida de peso são elementos que podem ser responsáveis pelo desenvolvimento das estrias. Estão mais comumente localizadas nos seios, quadris, coxas, nádegas, flancos e região da barriga.

Quando surgem possuem um aspecto de faixa estreita avermelhada. Com o passar do tempo, tornam-se esbranquiçadas e, em alguns casos, adquirem aspecto de cicatriz. Podem também ser ligeiramente comprimidas e ter uma textura diferente da pele normal. Mulheres, homens ou crianças, o aparecimento das estrias pode não poupar ninguém!

Elas podem também ocorrer como resultado da formação anormal do colágeno ou como um resultado do uso de medicamentos (como cortisona), de produtos químicos, pois esses podem interferir na formação de colágeno. Doenças, como diabetes, doença de cushing, podem influenciar que as estrias apareçam no corpo. Uma das causas mais popularmente conhecidas para a ocorrência das estrias é a gravidez. Nada disso é regra.

As causas das estrias podem ser inúmeras, como você pode observar. As mais comuns são:

  • Síndrome de Cushing;
  • Síndrome de Ehlers-Danlos;
  • Gravidez;
  • Puberdade;
  • Obesidade;
  • O uso excessivo de cremes para a pele feitos com cortisona.

Não há tratamentos específicos que acabem mesmo com as estrias. Muitos médicos acreditam que cremes e pomadas para prevenir estrias, na prática, são de pouco valor.

A marcas muitas vezes desaparecem após a causa da pele esticar acabar. Cremes e pomadas que pretendem prevenir as estrias durante a gravidez são de pouco valor. O mais eficaz para evitá-las é evitar o “efeito sanfona”, ganho de peso muito rápido e cuidar da forma que se alimenta.

Alguns médicos recomendam beber muita água diariamente e, em alguns casos, suplementos/vitaminas que cuidem do colágeno no corpo.

Se as marcas de estrias ou extensão aparecem sem causa aparente, como a gravidez ou ganho de peso rápido, é importante buscar um cuidado médico para ver se há algo anormal no aparecimento das mesmas.

Um médico que for examiná-la irá fazer perguntas sobre seus sintomas, incluindo

  • É esta a primeira vez que você desenvolveu estrias?
  • Quando você começou a notar as estrias?
  • Que remédios você tomou?
  • Você já usou um creme de pele feito de cortisona?
  • Que outros sintomas que você tem?

Se as estrias não são causadas ??por mudanças físicas, testes podem ser realizados. Retinóides tópicos podem ser prescritos para ajudar a aparência das estrias. O tratamento a laser pode contribuir para um melhor aspecto. No entanto, as estrias são difíceis de tratar e não existe uma solução milagrosa, como a pregada por muitos salões de beleza e produtos cosméticos. É um problema natural que praticamente todos nós temos e que dificilmente está relacionado a problemas mais graves.

Imagens:
Wikimedia commons, Beautilish

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)